[Vídeo] Anunciar no Facebook

[Vídeo] Anunciar no Facebook

No vídeo dessa semana trouxemos uma super dica de marketing: como você pode anunciar no Facebook para ter mais resultados em suas campanhas? Confira!

Oi pessoal, eu sou o Leonardo do marketing do Moskit CRM e eu vim falar com vocês hoje sobre Face ADS que é a ferramenta de publicação do Facebook.

A gente sabe que o Facebook é a maior rede social do mundo, tem quase 2 bilhões de usuários e com certeza o seu cliente tá ali dentro, você só precisa saber como encontrá-lo.

Pra isso eu trouxe 4 pontos que vão te convencer de que você tem que investir o seu dinheiro dentro da ferramenta.

O primeiro deles é o baixo custo. Comparando a ferramenta do Facebook com qualquer outro tipo de mídia, seja online ou offline o Face ADS vai ser extremamente barato.

Isso também vai depender muito da segmentação que você vai utilizar ali dentro, mas o lance ali por exemplo pra um engajamento dentro de uma publicação sua e engajamento pode ser curtida, compartilhamento ou comentário, gira em torno de 5 centavos, o que é muito baixo.

Óbvio que esse valor vai depender da segmentação que você utilizou e do leilão que tá rolando naquele momento dentro da ferramenta, porque ele calcula mais ou menos o seu público e o que os seus outros concorrentes tão pagando pra te dar esse valor, mas essa base de cálculo é bem justa e bem assertiva, então pode confiar que você vai ficar ali em torno desse valor se você tiver uma segmentação bacana.

O segundo ponto é a segmentação. Esse é um ponto bem interessante dentro do Facebook porque você tem uma variedade de combinações ali dentro que te ajudam na hora de segmentar pra quem você vai direcionar o seu anúncio. Você pode definir qual a idade, sexo, local onde mora, onde estudou e quais os assuntos de interesse do usuário dentro da ferramenta, por exemplo se ele se interessa por beleza, moda, negócios, viagens.

Existe uma grande diversidade de combinações que você faz e aí depois você entende o que é melhor, o que tá trazendo mais resultado, mas dentro dessas segmentações tem uma que particularmente eu gosto muito. Ela é um pouco mais avançada mas não é nenhum bicho de sete cabeças.

Chama custom audience. Basicamente você vai subir uma lista dentro da plataforma e essa lista vai conter e-mail, telefone, endereço e o Facebook vai cruzar esses dados que você colocou dentro da ferramenta com os dados que ele tem. Lembrando que ele nunca vai te mostrar efetivamente qual foi o usuário que ele encontrou de acordo com o e-mail que você jogou mas ele vai segmentar pra esse usuário.

Então depois que você subiu essa lista pra ferramenta você consegue fazer diversas ações diferentes e personalizadas. Por exemplo você consegue segmentar só pra clientes antigos, fazer uma promoção pra quem já foi cliente seu. Ou pra o pessoal que comprou em determinada época do ano, você consegue estimar isso de acordo com o histórico que você tem ali de e-mails.

Uma outra coisa interessante que é até uma sugestão, se você tiver uma lista de e-mails com 40 Fernandas, 40 e-mails de pessoas que chamam Fernanda. Você vai pegar essa lista, joga dentro da ferramenta e aí você faz um anúncio seja na arte ou no texto falando “Oi Fernanda, tudo bem? Hoje você tem 10% de desconto no site”.

Você entende como você aproxima mais o cliente de você? Ele vai perceber que você está falando diretamente com ele porque você tá chamando ele pelo primeiro nome. Então isso humaniza ainda mais o seu negócio, faz com que o cliente se sinta bem quisto pela sua empresa.  Então você consegue além disso fazer outras coisas e basta você ter um pouco de criatividade e ver ali o que a ferramenta consegue te oferecer que sai bastante coisa dentro dessa parte de segmentação.

O terceiro ponto são os diferentes formatos. Hoje o Facebook tem em torno de 15 formatos diferentes pra você utilizar dentro da ferramenta, que vai desde aumentar o número de fans da sua página, passa pela instrução de baixar o aplicativo e até você pode mostrar o seu catálogo de produtos dentro da ferramenta.

Tem um formato bem legal que chama gerador de leads, nele você coloca algumas perguntas pro usuário sem tirar ele de dentro da ferramenta, o que é muito satisfatório porque deixa a experiência dele tranquila porque ele não precisa ficar trocando de aba toda hora e nem sendo redirecionado pra nenhum outro lugar.

Nesse formato especificamente você consegue pedir nome, telefone, endereço que são os itens padrões que tem dentro da ferramenta e você consegue até fazer uma pergunta personalizada e dissertativa se for o caso que atenda melhor o seu negócio.

O quarto ponto são as métricas. A gente precisa entender se com tudo que a gente fez antes a nossa campanha está sendo positiva ou não; é aqui que a gente entende se tá tendo um resultado legal, se a campanha está sendo rentável, o que tá acontecendo, qual campanha performou melhor, qual anúncio entregou mais, pra gente entender tudo o que tá acontecendo dentro das nossas campanhas.

E aí também nas métricas a gente consegue ver de onde vieram os cliques que a gente teve nas nossas publicações, qual a idade do usuário que tá clicando, qual a região, qual foi o assunto de interesse e com isso a gente vai afunilando pras próximas campanhas que a gente for fazer porque a gente já vai ter uma base de estudo e de histórico de quais são os principais pontos que são rentáveis pra nossa campanha e depois a gente replica isso nas próximas e já tem uma ideia de qual

o nosso público mais engajado e qual o nosso público mais rentável.

Então basicamente esses são os 4 pontos que vão te fazer entrar na ferramenta, obviamente que ela é muito mais que isso, tem muito mais coisa que você consegue fazer lá dentro e tem muitos mais itens que você precisa entender e que vão te nortear muito bem dentro da ferramenta, eu tenho certeza que você vai ter uma experiência super positiva seguindo bem essas diquinhas que eu dei aqui.

Então se esse vídeo foi útil pra você não esquece de se inscrever no canal, curtir o vídeo e se você gostou compartilha com três amigos, se não gostou compartilha com sete e fica ligado nos nossos outros conteúdos. Até mais!