Diego Cordovez te ensina a aumentar seus resultados com Inside Sales

Diego Cordovez te ensina a aumentar seus resultados com Inside Sales

Com os avanços tecnológicos, o inside sales está a cada dia que passa crescendo mais.

Inside sales, no português, vendas internas ou de dentro, é a expressão atribuída para quando o vendedor não necessariamente precisa ir até uma reunião para negociar ou fechar uma venda com o cliente.

O tempo está se tornando mais escasso e ser capaz de realizar essas funções a distância, se tornou um atrativo e tanto.

Embora o fields sales, vendas de campo, ainda seja muito importante e quando necessário integrada ao inside sales. A nova onda e o inside sales, tanto que estudos apontam que 45% do tempo que um vendedor de fields sales é gasto com inside sales.

Convidamos o Diego Cordovez para um papo sobre Inside Sales, e como o cara é fera ele descolou várias dicas interessantes para quem está começando.

Diego apontou que um dos principais desafios, é a migração de fields sales para inside sales. O vendedor tem medo de sugerir uma mudança na dinâmica, e partir pro online.

Grande parte disso está na falta de crença no que se está vendendo e no seu poder seu persuasão, quando o cliente não está cara a cara com você. Os ruídos da comunicação, costumam ser maiores com a distância, mas no momento que se começa a acreditar no que está vendendo e da forma que se está vendendo, a experiência e as técnicas vão se aprimorando e os ruídos vão se tornando menores.

No entanto, a forma de se comunicar não é o único fator que interfere em inside sales.

Alguns detalhes podem sempre ser aprimorados para alcançar um melhor desempenho:

  • Internet.

Embora o telefone ainda seja forte e uma forma de se comunicar, é irrefutável que a internet e as mídias que dependem dela, se tornaram o maior meio de comunicação. E se você utiliza um CRM então, a internet é essencial para essa comunicação aconteça.

Logo ter em mãos uma internet que atenda essa demanda, é crucial. O WIFI não é muito recomendado, sendo a forma mais tradicional, cabeada, melhor por possuir uma melhor estabilidade.

  • Tela.

Uma tela é bom, mas duas telas, excelente. Conseguir dividir a tela em dois, ou ter a sua disposição dois monitores para contatar o cliente é interessante.

Com uma tela ou monitor você consegue contatar o cliente e a outra, pode ser utilizada para pesquisar dados sobre o cliente, ou material para reunião. E até mesmo para ir registrando o seu contato com ele.

  • Fone.

No kit de sobrevivência de um vendedor que trabalha com inside sales, não pode faltar um bom fone. Como eu já falei, a comunicação pode conter ruídos, e o microfone do notebook ou computador, apenas contribuem com essa quebra na comunicação.

Investir em um fone de alta qualidade que seja capaz de captar bem os sons, tanto para entregar um áudio de melhor desempenho para o receptor, quanto para emissor, não pode ser ignorado.

O fone de ouvido também vai ajudar, o vendedor a trabalhar de forma mais rápida.

  • Bloco de notas.

Ter ao seu lado um bloquinho de notas para anotar todas as informações, pode ser útil.

Por mais que tenha pessoas que prefiram utilizar o computador para realizar essas anotações, outras preferem a utilização de um caderninho ou bloco de notas por ser mais prático e causar menos ruídos.

Mas claro esse vai de pessoa para pessoa, o importante é registrar.

Saiba mais: Inside Sales: criando uma equipe de sucesso

  • Facilitador de Sales.

Um facilitador que você deve ter em mãos, é o Moskit CRM.

Se você está começando a se adaptar ao inside sales, o Moskit CRM abrange inside e fields sales, portanto se torna uma ferramenta adequada para você.

Com funcionalidades que só o Moskit CRM te proporciona, você tem acesso ao registro de reuniões e contatos com o cliente, que é maravilhoso para dar continuidade nas negociações.

Comece hoje mesmo o seu teste no Moskit CRM.