Como fazer Networking sem sair de casa?

Como fazer Networking sem sair de casa?

Estamos vivenciando uma das maiores mudanças no comportamento humano nos últimos anos, isso porque, com o agravamento da pandemia de Covid-19 surgiu uma necessidade mundial de se isolar para evitar o contágio da doença.

Com isso, muitas atividades do nosso cotidiano precisaram ser repensadas e adaptadas para essa nova realidade em que o contato humano é extremamente prejudicial.

E apesar de estarmos nos adaptando gradativamente, a lacuna que algumas dessas práticas deixam são bem difíceis de serem preenchidas, como é o caso do networking em eventos.

Eventos são locais em que trocas de informações e conhecimento acontecem, são lá também que conseguimos entrar em contato com profissionais que nunca sonhamos ter a oportunidade de conhecer. Com o isolamento social este tipo de ação precisou ser suspensa.

Claro que, algumas empresas conseguiram migrar esses eventos para as plataformas virtuais, mas ainda assim, essa, como diversas outras adaptações, ainda é um pouco limitante.

Uma das partes mais legais de estar em um ambiente com diversos profissionais da sua área, é a chance de aumentar o seu networking.

Se você não está lembrado, o networking, ou como é chamado aqui no Brasil rede de contatos, é, como o próprio nome mesmo já sugere, uma rede em que trocas de informações, experiências e conhecimentos acontecem.

Ele abrange as mais diversas áreas e pessoas, tendo como o seu principal objetivo a qualificação profissional e ampliação de seus contatos. Recentemente falamos sobre essa estratégia aqui no blog, vale a pena dar uma olhada. Leia em: O que é networking e qual a sua importância.

Em tempos de isolamento social em que a principal maneira de fazer networking não está disponível, a grande pergunta que fica para muitos profissionais é: como fazer networking sem sair de casa?  

Adaptando seu cartão de visita físico para um virtual

Graças a diversos avanços tecnológicos, hoje em dia já temos uma boa base para trabalharmos e nos conectarmos com nossos colegas onde quer que estejamos, inclusive em nossa casa.

Só que apenas tecnologia não basta quando o assunto é networking, é preciso saber em que local podemos encontrar pessoas que se qualificam para participar do nosso networking. Até porque, ter uma rede muito grande com poucas pessoas que, de fato, podem agregar algo, é às vezes pior do que não ter um networking.

Antes de começar ir atrás do seu networking na internet, é preciso se atentar a dois pontos: o que e para quem você comunica.

Se antes o cartão de visita em eventos era nossa forma de mostrar quem somos e com que trabalhamos, hoje em dia, ainda mais durante essa pandemia, nosso cartão de visitas é virtual. Tudo o que postamos e está disponível para a visualização pública é levado em consideração. Por isso fique atento e tente sempre:

  • Criar conteúdos relevantes aumentam suas chances de alcançar pessoas que você ainda não conhecem
  • Utilizar mídias, como fotos, vídeos e áudios que agregam conhecimento.
  • A maneira com que você escreve precisa ser clara e facilmente compreendida.
  • Criar canais dentro daquele que você já está utilizando para ampliar as possibilidades de comunicação.

Como fazer networking remotamente

Sabemos que na atualidade a maneira mais rápida e fácil de encontrar pessoas são as redes sociais. E apesar do Linkedin ainda ser uma das redes mais valorizadas quando o assunto é comunicação profissional, ela não é a única que pode te ajudar.

Desde que o isolamento social começou, muitos profissionais viram no Instagram uma maneira de atrair público e ampliar seus contatos, sendo as lives a principal forma de comunicação escolhidas pelos profissionais. Essa ferramenta  é tão poderosa que teve um aumento de 70% nos últimos dias. Esse engajamento é excelente,  já que é através dele que novas pessoas conseguem chegar até você e conhecer melhor o seu trabalho.

O Facebook também pode ser interessante, mas, atualmente, pode ser um pouco limitante comparado a liberdade de exploração que o Instagram e Linkedin fornece aos usuários.

Mas não basta ter muitos seguidores/amigos no Instagram, Facebook e Linkedin se a interação não é promovida. Como já citado anteriormente, criar conteúdos relevantes podem promover ótimos diálogos, só que é preciso ter uma atitude menos passiva.

Ler, comentar e até mesmo respostar alguns conteúdos possibilita te conhecer novas pessoas. Se você parar e analisar postagens relacionadas a sua área,  é possível que nos comentários tenha alguém falando algo que contribui para o seu conhecimento, e é uma ótima chance de interagir.

Algumas dicas extras para te ajudar a realizar networking remotamente:

  • Se mantenha atualizado em relação às novidades da sua área;
  • Crie uma rotina para nutrir seu networking;
  • Publique mensagens positivas;
  • Busque pessoas que possam vir agregar conhecimentos e oportunidades;
  • Abra sempre espaço para interação;
  • Crie grupos para conseguir se comunicar melhor;
  • Utilize o máximo de canais possíveis, nem todo mundo está só no Linkedin ou Instagram, busque quais redes estão bombando na sua área;
  • Mantenha a comunicação;
  • Busque ex-colegas, eles podem agregar muito na sua rede.

Fique atento ao seus contatos, seja fiel

Algo muito importante quando se faz networking, é a fidelidade com que você tem com a sua rede. Ser fiel a você mesmo e o seu contato te ajuda a manter a coerência, e relevância. Pessoas fiéis são mais valorizadas.

Não se esqueça  também de que muitos deles podem vir a se tornar clientes, por isso sempre salve os contatos deles em seu CRM.

O Moskit CRM, é um dos melhores softwares gerenciais do Brasil, com ele você pode registrar seus contatos e se caso eles virem a se tornar consumidores, é possível também acompanhar todo o processo de vendas através dessa ferramenta.

Ficou curioso? Comece um teste gratuito agora mesmo no Moskit CRM, garanto que você vai se impressionar.

Até a próxima!