As vendas vão te matar

As vendas vão te matar

Não, este não é um título só para chamar atenção.

Isso vai acontecer cedo ou tarde.

Eu sei quantas vezes você ficou sem almoçar. Quantos quilos ganhou desde que, lá atrás, começou a vender. E mais ainda,  sei como está cada dia mais difícil comer bem, se exercitar e tirar um tempo para família. E tudo ficou ainda mais difícil agora que você tem uma equipe inteira para cuidar.

Vender é estressante.

Existe um enorme jogo de tensões. Clientes com problemas grandes e expectativas maiores ainda. Do outro lado da linha, sempre existirá alguém preocupado com o investimento que será feito, isso é um gatilho para muita dor de cabeça.

Para falar honestamente, a gente sabe que esse estresse vem de todos os lados. Existe a relação com os clientes, mas também temos as pressões por metas, conflitos de visões entre vendedores da equipe, problemas com a gestão de pessoas, o desenvolvimento do produto e o marketing.

Na vida de quem está vendendo ou gerindo uma equipe de vendas, a câmara de compressão não para.

Os sinais desse estresse são visiveis em qualquer profissional da área comercial. Seja pelo ganho de peso, alguns cabelos brancos, mudanças na pele ou abuso do álcool. E se você achava que era só com você, basta olhar para o lado com mais cuidado.

A verdade é que anualmente centenas de milhares de pessoas morrem por doenças do coração, e estresse é um dos principais fatores de risco. Estresse também é a terceira maior causa de afastamento no trabalho.

Pela óbvia característica do trabalho comercial, vendedores estão bem propensos a essa realidade.

E você deveria se preocupar também.

Mas o que fazer para reduzir esse estresse? Como tornar o ambiente de vendas mais agradável e poupar todos de problemas graves, mas invisíveis, que prejudicam a todos?

Antes de tudo, escolha bons clientes

Clientes ruins e leads não qualificadas representam grande parte do estresse de uma equipe de vendas.

Quando o perfil não está bem alinhado com a proposta da venda, o esforço e estresse aplicados para conquistar um resultado positivo são muito maiores. Envolvendo o medo de não bater a meta, os desgastes da negociação e o forte sentimento de frustração pela dedicação sem resultado.

Crie metas claras, mas evite microgerenciamento

Com a possibilidade de identificar indicadores de forma incrivelmente precisa, é possível que a vontade de cuidar de pequenos números e ajustar cada detalhe apareça.

Com isso, microgerenciar os funcionários acaba sendo uma tentação, observar e medir cada comportamento e tudo o que cada vendedor faz em termos de conversão em índices de produtividade.

Cada indicador é uma preocupação nova para o cotidiano da gestão e do vendedor, muitas vezes gerando crises de ansiedade que atrapalham a produtividade real. Quando se passa muito tempo preocupado com cada número pequeno, realizar a parte simples do trabalho se torna muito mais difícil.

Procure os indicadores simples e que façam sentido para o resultado final, mas fique atento para não criar um peso a mais para o trabalho.

Compartilhe os resultados

Trabalhar sem ser capaz de observar o produto final causa frustração, aumenta a distância de associações importantes como esforço x consequência e multiplica preocupações sobre estabilidade e eficiência do trabalho.

No fim do dia, o vendedor trabalha tudo o que pode, mas não entende se foi o suficiente.

Dedicar um momento específico para apresentar os resultados gerais e evolução dessas conquistas é importante não só como forma de comemoração, mas para transmitir a segurança de que o trabalho está sendo feito e que os esforços produzem resultados.

Não incentive o trabalho multitarefas

Apesar de parecer algo positivo no mundo moderno, realizar muitas atividades ao mesmo tempo pode promover pequenos gatilhos de estresse e ansiedade.

A mente acaba sobrecarregada cada vez que precisa reiniciar uma das atividades paralelas, detalhes importantes são esquecidos e erros tornam-se mais frequentes e perigosos.

A sensação é de que há mais desgaste, mais problemas e menos recompensas.

Quem trabalha com esse tipo de estímulo acaba sentindo que está afogado em atividades e não consegue desenvolver nenhuma delas.

Incentive que as coisas sejam feitas bem, com calma e uma de cada vez.

--

Estresse é um assunto sério. E eu sei que parecer forte, não se deixar abalar e seguir em frente são características positivas no mercado de trabalho. Mas infelizmente, esse é uma problema real e silencioso que pode causar grandes danos para saúde.

Para conseguir mensurar melhor todos os pontos que podem atenuar o estresse e trazer mais tranquilidade para a vida dos seus vendedores, conheça agora o Moskit, o CRM que permite automatizar tarefas, centralizar comunicação e garantir maior qualidade para seus negócios.