Como ganhar a confiança do time

Como ganhar a confiança do time

Em meu último texto falei sobre os dilemas enfrentados pelos gestores iniciantes. Listei alguns pontos e ensinei algumas técnicas para driblar alguns destes dilemas, mas preciso confessar, deixei um ponto muito importante de fora.

Ganhar a confiança do time é algo que exige mais do que uma simples menção num texto, é necessário um artigo completo para trabalhar a grande dificuldade de reunir pessoas com um mesmo propósito confiando na sua visão.

Antes de tudo, aprenda a ceder

Parece um pouco contra-intuitivo falar para ceder quando se está tentando conquistar a confiança do time, mas é assim que tudo começa.

Por mais estranho que pareça, gestores firmes e que nunca abrem mão de suas posições acabam criando o efeito oposto em sua equipe. Ao invés de fortalecer a confiança, todos sentem que tudo está seguindo o caminho do ego e do reforço de autoridade, sem espaço para vozes dissonantes.

Ceder posições e permitir que o time tenha autonomia para tomar algumas decisões importantes demonstra que você confia no trabalho da equipe e que está disposto a transferir autoridade e responsabilidade, sem que isso signifique deixar sua liderança de lado.

Confiança é uma relação de troca, e para quem já carrega a autoridade da hierarquia, oferecer essa troca inicialmente faz com que o time sinta que pode confiar de volta.

Compartilhe o cenário amplo

Metas financeiras devem ser discutidas e abertas com o seu time de vendas. É importante que todos da equipe entendam, de forma clara, como sua fatia de esforço colabora para o crescimento da empresa.

Não simplesmente entender as metas individuais ou da equipe, mas como o faturamento mensal e anual do negócio são impulsionados com estes resultados. Demonstrar como o sucesso da empresa depende do esforço de cada um.

Ter os números abertos e compartilhados demonstra que não existem segredos e que todos trabalham juntos para que essa conquista seja cada vez maior.

Ás vezes é preciso levar uma pelo time

Seu time eventualmente vai pisar na bola.

É difícil assumir isso com tamanha abertura, principalmente para os que buscam um alto nível de perfeccionismo. Mas a verdade é que algum dia, o time vai pisar na bola e você vai precisar lidar com isso.

Existe um ditado que diz: Elogie em público, critique no privado

Quando um problema relacionado a equipe surgir, o gestor deve entrar na frente e assumir o problema pelo time.

Caso seja algum erro, assumir o erro, não importando muito qual foi o acontecimento. Como normalmente são outros gestores tentando apontar um erro da sua equipe, é necessário que o conflito do nível hierárquico seja em pesos iguais.

Levante-se e tome essa pelo time.

Depois, para dentro, converse, questione, entenda quem foi o culpado e assuma daí em diante. É preciso que sua equipe confie que você estará por perto quando algo der errado, mas também entendendo que você é responsável o suficiente para não aceitar qualquer conduta.

Proteja seu time, mas não deixe passar em branco.

Suas ações devem seguir suas palavras

O item número um em termos de quebrar confiança são promessas não cumpridas, mesmo que essas promessas sejam sobre responsabilização por erros.

Um líder que não cumpre sua palavra perde automaticamente a credibilidade da equipe. E é difícil às vezes garantir que todas as promessas sejam consolidadas, mas é crucial para ao projeto de desenvolvimento de confiança mostrar que tudo o que diz é verdade e está sendo cumprido.

A pior coisa que pode acontecer é virar aquele gestor que o time sempre diz: "ah, ele só fala..." Seja, para coisas boas e tanto quanto para coisas ruins.

No momento em que a equipe enxerga o gestor com estes olhos, a confiança não existe mais.

Transfira o brilho para a equipe

Novamente, este é um passo complicado para os mais egocêntricos, mas é talvez um ponto chave para que o time identifique o gestor como aliado e não como um concorrente.

Se o líder assume os créditos por tudo o que foi feito, os incentivos do time são reduzidos. É possível que percam o senso de união e trabalho em equipe porque os créditos sempre acabam sendo do gestor.

Ao contar boas novas e resultados importantes, aponte o responsável pelo time e elogie em público. Faça cada um sentir que é importante pelo trabalho realizado e se coloque nos bastidores, como facilitador.

Todos sabem que existe seu trabalho, abrir mão de todos os créditos e exaltar o time mostra ainda mais a qualidade de um gestor profissional e confiável.

--

O trabalho de construir confiança é longo e demorado, mas um simples erro pode destruir todo o progresso com facilidade.

É importante para o gestor de vendas priorizar essa relação com seu time, muitas vezes acima das próprias metas e resultados de curto prazo.

Por isso crie um sentimento de troca, demonstre que existe confiança de ambos os lados e esteja disposto a proteger sua equipe.

Se não souber como manter o time unido através das métricas e resultados globais, o Moskit é a melhor ferramenta para que o gestor consiga observar mudanças de desempenho e apontar o que precisa melhorar em cada lugar, assim como entender que as estratégias estão surtindo efeito.

Se não conhece o Moskit, faça agora mesmo um teste grátis e traga seu time mais para perto de você.