Desenvolvimento pessoal: o que é e qual a importância

Desenvolvimento pessoal: o que é e qual a importância

Se você acompanha o mundo dos negócios e o novo modelo de empresas, sabe que o assunto da vez é a qualidade de vida dos colaboradores e como isso influencia diretamente na produtividade.

Para falar nesse novo modelo de gestão e de relação empresa com colaboradores, precisamos falar sobre *desenvolvimento pessoal. *Como eu tenho visto a importância desse tema para equipes de vendas, é sobre isso que vamos falar hoje no blog do Moskit. Confira!

“Qual seu objetivo aqui?” “Quais seus maiores medos?” “Onde você se vê em um ano?”.

Essas foram as primeiras perguntas que eu ouvi em uma sessão de coaching que comecei a fazer agora em 2016. Não sabia muito bem como responder, mas sabia que era importante.

Grande partes dos profissionais dentro de uma empresa, principalmente se são da área das vendas, sentem-se inseguros quanto aos seus futuros e tem medo de não entregar o resultado esperado.

Percebi na prática que esse medo nos bloqueia de sermos o máximo que podemos e eu estava tendo a oportunidade de enxergar muito além do que estava conseguindo.

O desenvolvimento pessoal nos times de vendas

Se tem uma coisa que vendedor gosta de falar é que trabalha de acordo com a situação do mercado.

Claro que isso é verdade e os últimos dois anos vieram pra mostrar como as vendas são abaladas dependendo do cenário político e econômico do país.

Mas nós também sabemos que isso pode ser apenas uma desculpa para a baixa performance, que geralmente tem muitas outras causas: pouca vontade, falta de treinamento, perfil incompatível, etc.

É aí que o desenvolvimento pessoal e o trabalho de um profissional da área, como um coach, torna-se importante. Como seu time pode performar mais? Como extrair o máximo dos profissionais que você escolheu para compor seu time?

Inicie com treinamentos:

Treinamentos não são apenas para ensinar como vender ou como atender um cliente. Você pode treinar sua equipe em comportamentos que levam ao bem-estar e à maior produtividade.

Desde que comecei o processo de coaching já tive treinamentos sobre hábitos saudáveis e sabotadores e sobre gratidão, por exemplo.

Lembre-se: Você não deve falar “qualquer coisa” que julgue ser importante. É preciso conhecer bem o assunto, traçar um objetivo e com base nisso preparar um momento enriquecedor para sua equipe.

É por isso que é válido considerar contar com um profissional para cuidar do desenvolvimento pessoal na sua empresa.

Mude a mentalidade que você tem de equipe:

Se você enxerga o seu colaborador como alguém que vai trabalhar todos os dias das 8h às 18h e no fim do mês recebe um salário para isso, o primeiro que precisa mudar a visão sobre modelos de trabalho é você mesmo.

É fundamental que o líder esteja alinhado ao que está propondo que sua equipe faça. Aqui não cabe aquela velha história “faça o que eu digo, não faça o que eu faço”.

Para isso, comece lendo materiais sobre a importância do novo estilo de trabalho em equipe, converse com seus vendedores, tenha a mente aberta para receber sugestões de melhorias para o ambiente de trabalho e sempre

Invista em qualidade de vida:

Muitos gestores quando ouvem isso imaginam que vão disponibilizar academia, comida de graça, horário livre e 6 meses de férias por ano aos seus colaboradores.

Não é isso… mas quase.

Investir em qualidade de vida nem sempre está diretamente ligado ao fator financeiro, pode ser muito mais emocional.

É você saber que sua equipe é composta por pessoas e que pessoas têm suas necessidades, passam por altos e baixos, possuem sonhos e problemas pessoais. É entender um dia ou outro que seu funcionário precisa chegar depois ou sair antes, ou quando não está transbordando alegria.

Busque o melhor para seus vendedores:

O que você pode fazer para ajudar sua equipe a atingir o máximo de seu potencial em vendas?

Essa é uma pergunta que você pode fazer para cada um, individualmente e a partir daí traçar formas e estratégias para ajudá-los a alcançar esses pontos que foram falados.

Lembre-se que sua empresa é o que sua equipe a torna, por isso não deixe de considerar a importância do desenvolvimento pessoal como forma de aumento da produtividade.

Ficou com alguma dúvida ou tem algo a acrescentar? Deixe nos comentários!