Lendo a mente do seu cliente

Lendo a mente do seu cliente

Um dos melhores super poderes - provavelmente o mais desejado - é o de ler mentes.

Para algumas pessoas existe algo emocionante em não saber o que se passa na mente de alguém, o mistério por si só já é provocante. Só que uma parcela da população não concorda.

Principalmente os vendedores.

Falar e não ter ideia do que se passa na mente do cliente é no mínimo torturante. Sua abordagem pode ter que mudar da água para o vinho se porventura ele dizer algo que não condiz com o que tinha sido planejado previamente.

Então se você quer ser um super vendedor, vista sua capa e pegue sua caderneta que vamos te contar agora 3 ferramentas que te ajudam ler a mente do seu cliente.

1. Fique atento a sua linguagem corporal.

Expressões nada mais são que um reflexo do que se passa na mente de alguém. Se uma pessoa está feliz ela sorri, se está triste tende a ser menos expressiva e etc;

Durante uma reunião cara a cara com seu cliente, olhe bem para ele e identifique suas reações e expressões. Se durante a exposição de ideias ele não parecer muito animado nem participativo, pode ser que sua apresentação não esteja agradando.

Existem também vários estudos sobre linguagem corporal que vale a pena dar uma olhada. A forma como está disposto na cadeira á como suas mãos estão podem te dizer muito sobre o que se passa na cabeça de alguém.

A partir daí é só ir medindo o tom da conversa, sempre se mantendo atento às expressões e posições.

Fácil, não?

2. Antecipe as reações do cliente.

Nada mais simples do que criar sua própria história.

Planeje o que será dito ao cliente, e calcule todas as possíveis dúvidas acerca do tópico proposto. Se possível o guie pela sua narrativa. O transporte para onde você quer que ele esteja.

Se resolver falar sobre canetas, lembre de tudo que engloba esse tópico e se prepare para todo e qualquer tipo de questionamento.

Mas mais do que se antecipar, exponha exatamente aquilo que o cliente possa estar pensando.

Criar pequenos questionamentos e resolvê-los é uma forma de controlar o que se passa na mente da pessoa. Quando se controla o tom da conversa e se soluciona possíveis questionamentos antes mesmo de dar o tempo do cliente abrir a boca, causa uma sensação de poder no ouvinte.

Mesmo que a situação seja contrária

3. Se coloque no lugar do cliente.

Somado com as duas outras dicas, se colocar no lugar do cliente vai te ajudar a ter uma boa noção do que o seu cliente quer.

Estude suas possíveis dores, o que ele precisa e quais são suas expectativas. Mas também a forma que ele gostaria de ser abordado. Neste ponto a experiência fala mais alto.

Uma boa ferramenta nesse caso é o estudo da persona. Forma de conhecer e antecipar seus desejos e necessidades.

Mais algumas dicas.

Quer mais algumas dicas sobre como você pode ler a mente do cliente? Então se liga nesse vídeo super bacana do Toca o Sino das Vendas.

Solta o play!

Sem dúvida alguma a maior estratégia de todas é estudar e conhecer tanto o que se está vendendo, quanto o com que se está lidando. Sendo assim uma outra ferramenta que pode potencializar o seu conhecimento é o Moskit CRM.

Durante uma reunião muita coisa pode acontecer e se não registrado, essas informações se perdem e como já visto estudar o que o cliente quer é importante. E parte do que ele quer está relacionado ao que ele diz.

Além do auxílio durante todo o processo de vendas o Moskit CRM te possibilita a inserção de notas e áudios.

Sem contar é claro que entendo em qual fase sua negociação está, facilita a abordagem que será feita.

Comece hoje mesmo um teste totalmente gratuito no Moskit CRM.