Marketing vs Vendas com Gabi Gonçalo

Marketing vs Vendas com Gabi Gonçalo

Marketing e vendas devem estar sempre integrados, ou então nada irá para frente.

O vendedor quer vender, e o profissional do marketing deve ser a pessoa que atribui valor para o produto, que atrai o público.

Mas no dia a dia não é bem assim que as coisas funcionam.

Gabi Gonçalo – fundadora da Marketing Thinking – passou por nosso escritório aqui em Floripa e aproveitamos para conversar um pouco sobre esse constante desentendimento entre marketing e vendas.

Não é de hoje que o setor de marketing e vendas discordam, e um dos maiores erros é a separação feita entre os dois setores. Gabi citou que o smarketing – integração entre vendas (ou sales em inglês) e marketing – tem se tornado cada dia mais uma tendência.

No entanto, a maioria da empresa vivenciam outra realidade. Um dos grandes problemas dessa rivalidade, está em não entender que ambos setores são codependentes.

Até mesmo a visão de metas são distorcidas, quando verdade a meta deveria ser única.

Outro problema apontado é a descaracterização do trabalho realizado pelo outro. O marketing não aceita a forma que as vendas captam clientes, e o setor de vendas desvaloriza os leads captados por estratégias de marketing.

Isso acontece em parte pois diversas ferramentas do marketing ainda não são aptas para integração no CRM ou outro software utilizado pelo vendedor. O vendedor se recusa a integrar manualmente leads captados pelas ferramentas de marketing.

Algo capaz de amenizar essas diferenças, é antes de tudo deixar claro que ambos são dependentes. Mas para além disso, fazer eles trabalharem em conjunto.

Quando o marketing for traçar estratégias baseadas no perfil do cliente ideal, a primeira coisa que deve ser feita é sentar com o setor de vendas e escutar as dificuldades que enfrentam. Dessa forma, quando o marketing apresentar possíveis leads para vendas, eles não serão descredibilizados.

Saiba mais: Buyer Personas: O que são e como você pode construir as suas?

A Gabi ainda complementou essa linha de pensamento, dizendo que antes de qualquer planejamento o setor de marketing deve ouvir o comercial. Parte do planejamento deve incluir quanto ações ou metas vão impactar.

Mas não basta focar no setor comercial e deixar o de marketing em segundo plano. O vendedor deve entender o que o time de faz e o que é marketing. Com a nova onda de inbound se tornando cada vez mais popular, o marqueteiro é imprescindível para a empresa.

Se caso você esteja em um cenário onde nos setores estão brigando entre si, e relutantes em se integrar, uma reestruturação e a escolha perfeita. Entretanto, se nem a reestruturação conseguiu amenizar os ânimos, é hora de acionar o departamento pessoal.

Um pouco de competição pode fazer bem, e falamos e já falamos um pouco em como criar uma competição interna de vendas.

Mas fique atento, embora marketing e vendas precisam se integrar, eles não são o mesmo.

E nada melhor que um CRM que consegue atender suas necessidades, e te ajuda a aumentar a produtividade.

Comece hoje mesmo o seu teste gratuito no Moskit CRM.