Saiba como aumentar suas vendas utilizando 15 ações de Marketing

Saiba como aumentar suas vendas utilizando 15 ações de Marketing

O sonho de todo empreendedor é alcançar sucesso e estabilidade em seu empreendimento. Sabemos que não existe uma fórmula mágica para que isso aconteça, mas algumas ações de marketing podem ajudar o negócio a deslanchar.

Utilizar ações de marketing dentro da empresa é uma ótima alternativa para todo empreendedor, já que elas ajudam a atrair um maior número de clientes e parceiros, aumentar vendas, fidelizar os consumidores, promover a marca e desenvolver uma relação de comunicação entre a empresa e o consumidor.

Elas são extremamente abrangentes, ajudando do empreendedor que ainda está com o negócio no papel ao que já está há anos no mercado.

Conheça, agora, 15 ações de marketing que podem ser implantadas em todo tipo de negócio.

1. Amostras

Uma prática já muito comum, a amostra é uma forma de proporcionar ao cliente uma breve experiência do produto ou serviço.

Muitos clientes podem até já ter ouvido falar de determinada marca e seus produtos, mas não conhecem como funciona na prática. E, apesar do relato de experiência de conhecidos ser extremamente importante, nada se compara à própria experiência do cliente.

Como aplicar: essa ação deve ser executada com muita atenção e organização. Quando se trata de serviço, o ideal é definir um prazo para a experiência do cliente. Muitas empresas utilizam o teste grátis de 7 dias ou, como a Netflix, ofertam 30 dias gratuitos.

Já com produtos, o ideal é determinar uma quantidade de estoque para amostra.

Resultados: quando aquele cliente que não conhecia o produto ou serviço tem uma experiência, ele desenvolve sua própria percepção sobre o que ele experimentou.

Essa situação fará com que o cliente realmente conheça o produto, podendo até se tornar fiel à marca.

2. Sorteios

Os sorteios são ações de marketing que trabalham diretamente com o emocional do cliente.

Assim como a ação de amostra, os sorteios são uma forma de divulgar o que a empresa tem a oferecer para o consumidor.

Atualmente, existem duas formas que mais se destacam quando o assunto é sorteio: os presenciais e os online.

Desde o grande “boom” das redes sociais, as empresas enxergaram nos sorteios uma forma de engajar o consumidor. Geralmente, quando essa ação é feita online, os participantes precisam marcar de 1 a 4 amigos para se adequarem às regras.

Essa técnica de marcar amigos ajuda a espalhar a ação fazendo com que mais pessoas conheçam a empresa e seus benefícios.

Já os sorteios presenciais trabalham com o bolso do cliente.

Normalmente, quando o prêmio é grande, os participantes precisam gastar um montante ou adquirir certos produtos para ganharem um cupom.

Como aplicar: o certo é causar urgência no cliente. Determinar um prazo e regras certamente fará isso.

Pensar em uma estratégia para engajar o cliente é essencial para que essa ação de marketing funcione.

Resultados: o cliente rapidamente vai se engajar, já que a chance de ganhar algo é extremamente vantajosa para ele. Nessa ação, o que conta é o número de cupons que ele tem.

Logo ele tentará aumentar suas chances, levando mais pessoas a conhecerem a empresa – marcando algum amigo – ou ao aumentar o capital da empresa – realizando mais compras.

3. E-mail marketing

Uma forma de nutrir o relacionamento com o cliente e ao mesmo tempo divulgar mais sobre a empresa é utilizando o e-mail marketing.

Essa ação de marketing se tornou uma febre por não demandar grandes recursos e ser possível de atingir toda a base de clientes.

Recentemente falamos sobre como utilizar e-mail marketing na prospecção e nutrição de clientes. Vale a pena dar uma olhadinha.

Como aplicar: para que essa ação funcione, o ideal é que ocorra uma personalização de dados. Apesar do envio muitas vezes ser em massa, quando se trata de e-mail marketing o conteúdo deve ser o mais individual e pessoal possível.

O e-mail marketing é uma das únicas ações que quase consegue compreender e cumprir todos os objetivos de uma vez.

Sendo assim, a segmentação, personalização e os assuntos devem sempre estar de acordo com o perfil e a necessidade do cliente.

Resultados: eles podem ser medidos através da taxa de abertura, resposta e engajamento que os clientes podem vir a ter.

4. Influenciadores digitais

Não é mais incomum empresas investirem boa parte de seu orçamento de marketing em influenciadores digitais.

Essas figuras se tornaram uma via eficaz quando o assunto é divulgar produtos e serviços.

Ter um influenciador digital divulgando sua marca pode trazer resultados rápidos, já que eles conseguem despertar o imediatismo no consumidor que está do outro lado da tela.

Por exemplo, se uma empresa de panelas contrata um influenciador para divulgar seus serviços, a tendência de quem segue essa figura e precisa desse produto vir a conhecer a marca futuramente é grande, pois se fulano falou é porque ele confia.

Como aplicar: antes de contratar o primeiro influenciador que aparecer é preciso verificar se o público dele se adequa com o da empresa. Não adianta trabalhar com alguém cujo público está interessado em maquiagem para divulgar jogos online.

Caso tudo estiver certo, é só prosseguir e contratar um influenciador que trará benefícios e divulgação para a empresa.

Às vezes compensa investir em uma figura que está dentro da empresa e criar seu próprio influenciador.

Resultados: eles podem vir rapidamente, ainda mais quando se atinge o nicho certo.

Sem contar que, dependendo do canal que foi utilizado pelo influenciador, a mensagem perdurará por um longo tempo. Desta forma, sempre que novas pessoas chegarem até ele, novas possibilidades se abrem.

5.  Inbound Marketing e conteúdo

Uma ação de marketing que muitas empresas já têm aderido é a produção de conteúdo para atração de consumidores de forma orgânica.

Essa estratégia – atração – também é conhecida como inbound marketing.

Quando o cliente chega até sua empresa e tem conteúdos para devorar, ele acaba conhecendo o que fazem, como ela funciona e até mesmo se existem chances de solucionar seus problemas.

Essa ação nutre e promove a empresa ao mesmo tempo.

Como aplicar: a melhor forma de começar a utilizar essa ação de marketing é produzindo conteúdos que possam interessar o consumidor.

É preciso atrair o cliente e convertê-lo, para que seja possível fechar a venda e fidelizá-lo.

Resultados: maior número de clientes interessados no valor real da marca.

6. Redes sociais

As redes sociais se tornaram excelentes canais para realizar ações de marketing.

O marketing digital está cada dia mais popular e as redes sociais são uma das ferramentas mais utilizadas.

Criar canais onde o cliente pode se comunicar e expressar sua opinião é uma forma eficaz de manter e nutrir o relacionamento. Através delas é possível criar ações de engajamentos como sorteios e amostras, as quais já citamos anteriormente.

Uma empresa que se destaca nesse quesito é a Netflix.

Sempre atenta às tendências do momento, a empresa consegue se comunicar de forma criativa com seus seguidores e se destacar através disso.

Mas não só a comunicação, eles também conseguem criar campanhas onde o seguidor se engaja e participa ativamente, divulgando e disseminando a mensagem.

Como aplicar: pense no que o seu consumidor gostaria de saber, como ele pode ser engajado e motivos pelos quais ele precisa disso.

Muitas empresas utilizam memes para atrair a atenção dos seguidores. Além de comunicarem a um grande número de pessoas, eles podem facilmente viralizarem e atingirem um público maior ainda.

Resultados: a rede social é a vitrine virtual da sua empresa e precisa ser nutrida com informações relevantes. A partir do momento que isso ocorre, tudo começa a dar certo.

Os resultados das redes sociais podem ser medidos pelo engajamento dos seguidores.

7. Blog corporativo

O blog é uma das formas mais tradicionais de se comunicar na internet.

E uma das maiores vantagens de optar por essa ação de marketing é o fato dela abranger muito mais do que somente o seu público-alvo.

Não só o seu consumidor vai precisar entender conceitos e detalhes da sua abordagem, existem milhares de pessoas que todos os dias podem enfrentar as mesmas dúvidas e chegar até seu blog e se interessar.

Como aplicar: um estudo de público-alvo e buyer persona se adequa perfeitamente antes de começar a publicar no blog.

Depois de entender o que precisa ser publicado, para quem e como é só criar o blog e ser feliz.

Resultados: um blog corporativo pode ser utilizado para divulgação de conceito, mas também para informar mudanças e inovações internas.

8. Lista de transmissão WhatsApp

Com uma gama ilimitada de possibilidades, o WhatsApp é atualmente um canal de comunicação que abrange do consumidor até a empresa.

Através do WhatsApp é possível realizar reuniões, sanar dúvidas e divulgar produtos.

Uma das funcionalidades mais exploradas pelas empresas é a lista de transmissão.

Nem todos os clientes se sentem confortáveis em grupos ou comunidades e uma forma de driblar esse empecilho é utilizando as listas de transmissões do WhatsApp.

As listas podem funcionar de forma semelhante ao e-mail marketing, nutrindo, divulgando e engajando o cliente.

Como aplicar: antes de qualquer coisa, o cliente precisa aceitar fazer parte da sua rede de contatos.

Ao disseminar mensagens é preciso ficar atento ao limite de envio permitido pelo WhatsApp e na forma que aborda o cliente.

Resultados: uma das vantagens de utilizar essa ação é que o WhatsApp é uma plataforma de fácil download, além da taxa de abertura das mensagens serem superiores.

Essa praticidade faz com que as ações sejam executadas mais rapidamente.

A proximidade que essa plataforma tem com o consumidor, também é um ponto positivo que rende resultados.

O cliente se sente importante e visto pela marca, o que é propício para divulgar mais e alavancar as vendas.

9. Grupos/comunidades

E se o consumidor fizesse parte de um grupo exclusivo, como ele iria se sentir?

Essas ações buscam passar a sensação de exclusividade.

Não muito tempo atrás, o Youtube liberou uma novidade para donos de canais, com o intuito de trabalhar esse senso de união.

Que os youtubers atraem um grande número de pessoas não é novidade, mas e se existisse vantagens exclusivas para os fãs mais fiéis?

Pensando nisso o Youtube liberou o clube de canais, que nada mais é uma funcionalidade paga onde assinantes podem receber vantagens premium. Ou seja, o Youtube criou uma comunidade onde é possível que membros interajam e façam parte ativamente, desde que desembolssem uma quantia.

Como aplicar: eles podem ser criados fisicamente e virtualmente.

Algumas lojas físicas e virtuais aderiram ao clube de vantagens, uma estratégia que busca fidelizar aquele consumidor disponibilizando benefícios.

E vai além: nas redes sociais para troca de informações, também podem surtir o mesmo efeito.

Resultados: o consumidor que conhece a empresa e demonstra sua preferência, uma hora ou outra acaba tomando conhecimento dessas ações e tenta com vigor atingir o próximo nível.

Essa força de vontade o levará a consumir mais, para que então seja aceito.

10. Espaço para o cliente falar

Todo cliente tem algo a falar sobre a empresa. Pode ser que sua visão seja positiva ou totalmente negativa, mas ele gosta de ser ouvido.

Utilizar essa vontade de ser visto do cliente e dar espaço para ele falar pode ser muito benéfico.

Depoimentos são poderosos!

Quando um consumidor conhece a experiência do outro, ele sabe o que esperar.

A partir do momento em que esse espaço é aberto, outros clientes se sentem confortáveis em expressar suas próprias opiniões.

Como aplicar: um espaço físico onde depoimentos são passados ou uma página do site da empresa dedicada para esse conteúdo, são formas de realizar essa ação.

As redes sociais podem ser uma ferramenta de divulgação disso também, seja com postagens mensais ou semanais.

Resultados: o cliente que sente que tem voz se torna mais propício a divulgar a empresa por conta própria.

11. Promoções

Quem não gosta de economizar?

Promoção é uma ferramenta que possibilita à empresa ofertar produtos por um preço ou condição diferente do habitual.

Mas, o que tem de tão poderoso nela?

Quando um produto ou serviço está em promoção, o seu público tende a ser mais abrangente.

Os consumidores têm a tendência de pesquisar preços a fim de conseguir o maior número de vantagens possível. É nesse momento que as promoções se tornam oportunas.

Como aplicar: o segredo de uma boa promoção é saber trabalhar bem o conceito de gatilho de escassez. Determinar um prazo para o início e término e quais as condições para aderir.

Resultados: mais pessoas passam a conhecer a empresa, você conquista novos consumidores e maior disseminação de informações.

12. Anúncios patrocinados

Cada dia mais os consumidores buscam por informações e reviews nelas.

Sendo assim, uma forma de atrair esse consumidor é através de anúncios patrocinados.

Em redes como o Facebook e Instagram é possível definir esses anúncios de acordo com o seu público-alvo.

Eles oferecem as opções de idade, localidade, interesse, genêro e até mesmo o número de pessoas que deseja atingir.

Como aplicar: escolher qual rede ou redes seu público pode ter mais afinidade é o primeiro passo.

O conteúdo que estará presente também é importante.

Por exemplo, se o propósito é fazer com que mais pessoas conheçam a empresa, o anúncio precisa ser direcionado para atração e a mensagem deve condizer com a intenção.

Resultados: o feedback costuma ser rápido, tudo vai depender do prazo estabelecido.

Se a campanha ficar no ar por 7 dias, o resultado aparecerá neste prazo. Mas se ela tiver a duração de meses, o processo pode ser um pouco mais demorado.

O bom dessa ação é que existem duas vertentes: o público atraído pode ser o que a empresa já está acostumado, ou pode ser investido os recursos em um nicho totalmente diferente.

13. Call to action

Essa ação de marketing pode ser utilizada como um complemento de diversas outras.

O call to action – chamada para ação, emo português – é uma forma de solicitar que o consumidor faça algo.

Como aplicar: ela pode ser aplicada em blogs, redes sociais, e-mails, cartazes e panfletos.

Supondo que o cliente está passando em frente à uma instituição de línguas e lê um cartaz que diz:

"Aprender outros idiomas é a porta de entrada para seu sucesso profissional. Faça hoje mesmo sua inscrição."

Essa chamada é um pedido de ação para despertar o interesse do cliente.

Resultados: quando o cliente é chamado para tomar uma decisão, as chances dele vir a se interessar pelo produto ou serviço são maiores.

Em blogs é possível medir através de cliques no CTAs.

14. Vídeos  

Uma forma gostosa de consumir conteúdo é através de vídeos.

Além de ser uma maneira totalmente lúdica de passar a mensagem para quem está assistindo, a possibilidade de compartilhamento é alta.

Quando o consumidor se interessa ou aprova o conteúdo, ele sente a necessidade de divulgar isso em suas redes.

Também é uma maneira diferente de apresentar a empresa e quais serviços ela presta.

Como aplicar: escolha as maiores dúvidas dos consumidores e quais canais eles tendem a interagir com a empresa.

Após isso resolvido, é só escolher a forma de vídeo que te agrada mais.

Pode ser um conteúdo onde membros da equipe explicam ou uma animação.

Resultados: maior engajamento do público, atração de mais clientes e divulgação por parte dos consumidores.

15. Programa de indicação

Sabe quando dizem que o boca-a-boca pode ser bom pro seu negócio? Isso é verdade.

Essa estratégia de marketing utiliza meios tradicionais.

O programa de indicação é uma forma de fazer com que seu cliente divulgue a empresa. Em troca da divulgação, ele recebe benefícios a cada pessoa que converte.

Como aplicar: estabelecer uma quantidade de benefícios e prazo para que esse programa funcione.

Resultados: a atração de novos clientes que confiam na experiência de quem fez a indicação, ou seja, se categorizam como leads qualificados.

Divulgação para um número incontável de pessoas.

A importância das ações de marketing

Uma boa ação de marketing te ajuda a ampliar a percepção de valor do consumidor colaborando para uma fidelização.

A empresa que deseja crescer e divulgar seus serviços com qualidade, precisa investir em ações de marketing.