Você se daria bem no sistema de home office?

Você se daria bem no sistema de home office?

Conforme vamos avançando para o futuro, novas maneiras de realizar tarefas que estamos comumente acostumados começam a surgir.

Entre essas várias inovações, uma que tem sido muito discutida atualmente por conta da pandemia de Covid-19 é o trabalho remoto. Muitas empresas que ainda não conheciam, passaram a pesquisar o que é home office e como se adaptar a ele.

De fato o home office pode ser muito complicado, diferentemente da empresa, em que o ambiente é mais focado em uma única atividade, quando se está em casa existem diversas situações ocorrendo ao mesmo tempo.

Se você ainda está meio perdido e precisa de uma luz para arrasar no office, chega mais que hoje vamos discutir sobre o assunto.

O que é home office?

Apesar da tradução literal apontar trabalho em casa, o home office não se restringe ao seu ambiente doméstico. Na prática, ele é uma maneira de executar suas atividades profissionais onde quer você esteja, seja em casa, em um ambiente de coworking ou até mesmo em um café perto da sua casa.

Vantagens do home office

O escritório pode ser monótono e fazer com que a rotina pese muito, uma das maiores vantagens de realizar o home office é quebrar um pouco isso e ter a chance de conviver com pessoas diferentes.

Além disso, é um opção para quem está abrindo uma empresa e não pode fazer grandes investimentos ou se dar o luxo de um escritório. Equipes também podem trabalhar bem em home office.

O trabalho remoto proporciona diminuição do estresse e melhora o controle da alimentação.

Isso porque aquele afastamento que acontece, muitas vezes por falta de tempo, pode vir a acarretar um estresse fora do trabalho, o que atrapalha o desempenho profissional. Trabalhar em casa ou com uma maior proximidade da família ajuda a aumentar esse vínculo e trazer uma sensação de conforto.

E para quem gosta de privacidade, o home office é uma excelente oportunidade de exercitar uma rotina mais privada, e, em muitos casos, é possível até estipular um horário de trabalho que se adequa mais ao seu cotidiano, com mais flexibilidade.

O que pode atrapalhar o seu desempenho

Nem tudo são flores, apesar de todas as vantagens que o home office pode proporcionar, existem diversas dificuldades desse sistema. Uma das principais é justamente as distrações externas.

Estar em casa é uma armadilha, tudo, absolutamente tudo mesmo, parece ser mais interessante e demandar sua atenção, e a redução de produtividade pode ocorrer aí.

E tem mais, a falta de feedbacks constantes pode fazer com que pequenos problemas comecem a se tornar maiores e incontroláveis.

A falta de proximidade com o mundo externo e os colegas impossibilita a troca de ideias, sem contar que é um grande limitante para o networking.

Como se dar bem no home office

Você já entendeu os pontos positivos e negativos do trabalho remoto, mas algo que também precisa ser levado em conta na escolha é o que deve ser feito e como se dar bem nesse sistema.

A primeira grande dica é olhar para o home office como trabalho e não como um tempo que você vai passar em casa. Muitos profissionais costumam reservar um espaço de suas casas e/ou escolher ambientes para isso.  

Delimitar uma área como sua, de trabalho, ajuda o seu cérebro a entender que apesar de estar em um local que se sinta confortável, ele não é para diversão e está reservado para cumprir uma determinada atividade.

Com isso em mente, o sofá da sua casa, a mesinha do seu barzinho favorito e sua cama não são adequados, já que podem trazer uma familiaridade que despertam outros desejos.

Até mesmo suas roupas contam muito para seu desempenho, quanto mais confortável você se sentir, maiores são as chances da sua motivação para trabalhar diminuírem. Evitar pijamas é muito importante, até mesmo para  criar uma rotina remota.

E não é só o trabalhador que precisa se comprometer. O gestor deve realizar sondagens sempre que possível. O feedback não é importante apenas para corrigir falhas, ele possibilita uma troca de informações e ideias para soluções de problemas.

Criar uma rotina, com reuniões com o gestor e pequenos checklists pode auxiliar no fluxo de produtividade. É muito relevante que se pense sobre isso, pois ajuda muito a não cair em um ciclo de procrastinação.

Aqui no blog já falamos sobre como as redes sociais, que inclusive são outra grande distração quando se está em home office, podem levar à procrastinação. Ficou curioso? Leia mais em: Você foca mais nas redes sociais do que no trabalho?

Conhecer seus próprios limites te ajuda a entender até que ponto você consegue chegar sem cruzar nenhuma linha e/ou extrapolar.

Para se dar bem no home office, então, é preciso: disciplina, foco e força de vontade.

Todas as tarefas possuem tentações, mas, quando estamos em casa, isso tende a atenuar, e muito.

Ferramentas essenciais para um vendedor em home office

Quanto estamos longe do escritório, é importante fazer o possível para reproduzir o cenário e a praticidade dos processos, isso ajuda a manter a produtividade e familiaridade.

O Moskit CRM é uma ferramenta prática e acessível, capaz de ser utilizada onde quer você esteja e através de qualquer dispositivo com acesso a internet. Para o vendedor,  ter um sistema que supre suas necessidades é crucial.

Ficou curioso? Que tal começar agora mesmo um teste gratuito no Moskit CRM? É bem prático e você não precisa nem sair de casa.