Exemplos fortes fecham vendas

Exemplos fortes fecham vendas

Quando estamos aprendendo algo, um bom exemplo nos ajuda contextualizar e entender o que realmente quer ser dito.

Exemplos podem ser definidos como caminhos ou atalhos que nos ajudam a alcançar os objetivos, nosso cérebro trabalha com associações, e a utilização de exemplos fortes desencadeiam reações. Exemplos podem, resultar em conselhos estruturados.

No caso de vendas, o exemplo bem elaborado consegue te ajudar a fechar vendas. No entanto, exemplos fortes são compostos por várias características.

Para que a mensagem seja efetiva, o receptor tem que estar imerso no contexto e cenário, ou então aquilo passará batido para ele. O exemplo no setor de vendas, faz com que você se conecte com o cliente e compartilhem ideias.

Um erro corriqueiro quando se utiliza situações ou gostos para se aproximar do cliente, é a utilização mentiras. Tentar ganhar a atenção do cliente ou se conectar com ele através de uma situação inexistente, pode te fazer perder credibilidade.

Lembre-se que a partir do momento que você criar uma situação para ilustrar seu ponto de vista, o cliente lembrará disso e se futuramente voltarem a fazer negócio, esse pequeno detalhe pode se tornar incoerente com seu alinhamento até aquele momento.

Sem contar que narrativas de terceiros não vão enriquecer tanto o exemplo, quanto um que foi criado por você.

Você pode construir um exemplo forte pesquisando mais sobre a dor do seu lead, e desta forma pensar em como você consegue se relacionar com ele. Mostrar empatia, vai despertar um interesse maior no cliente.

Quando o cliente se sente parte do relato, sua história se torna ponto de referência para ele. Sempre que estiver passando por situações parecidas, vai lembrar do que foi dito a ele por você, através dos exemplos. E se caso não tiver chego ao fim da negociação, esse exemplo será um lembrete que sua dor tem remédio.

Por outro lado, situações do cotidiano também podem ser contextualizadas para a situação real do cliente. Não precisam necessariamente se limitar a acontecimentos profissionais, você pode utilizar algo de quando era criança, por exemplo, e transformar em uma metáfora para a condição do cliente.

A técnica de storytelling, também pode ser utilizada. Recentemente fizemos um post sobre como construir um storytelling, vale a pena dar uma checada e pegar algumas dicas.

Você deve sim dominar o assunto, e se mostrar capaz de solucionar as dores do cliente. No entanto, essas dicas só funcionarão se você se mostrar igual ao cliente, e realmente compreender a situação que ele está passando.

Afinal de contas o exemplo pode ser um caminho para concluir uma negociação, mas se utilizado de forma condescendente, vai imprimir uma imagem totalmente negativa. O cliente deve sentir que você está sendo sincero e entende totalmente o que ele está passando.

Como quando você está conversando com um amigo e utiliza algum exemplo para ilustrar alguma situação.

Agora que você já pegou alguma dicas sobre exemplos, que tal assistir um vídeo que ajuda ilustrar tudo o foi falado?

O Toca o Sino das Vendas, quadro dentro do canal do Moskit CRM, preparou um material extremamente esclarecedor sobre a temática.

E antes de assistir os videos, fica uma dica: Materiais visuais, também podem ser utilizados na sua apresentação para enriquecer sua narrativa.

Agora que você já está sabendo tudo sobre exemplos, que tal começar seu teste gratuito no Moskit CRM?

Uma vez que não basta só estratégia pessoal, é preciso um ótima plataforma.

Comece hoje mesmo o seu teste gratuito no Moskit CRM.