Tudo que você precisa saber sobre análise SWOT e suas formas de aplicação

Tudo que você precisa saber sobre análise SWOT e suas formas de aplicação

Às vezes, no impulso de abrir um negócio, esquecemos que uma das etapas mais importantes é a definição do planejamento estratégico, isto é, a preparação que antecede ou colabora na criação de metas.

Metas são cruciais para que um negócio se estruture e continue funcionando, por isso a revisão e troca de metodologia no planejamento estratégico não precisa ser discriminada.

Uma empresa bem estabelecida e com tempo de mercado é tão sujeita a uma reestruturação no planejamento quanto uma que acabou de abrir suas portas.

Existem diversos métodos disponíveis para o empreendedor, cada um deles com olhares diferentes sobre o planejamento estratégico, ficando a cargo do estrategista escolher que melhor se encaixa nas suas necessidades.

Entretanto hoje vamos falar um pouco mais sobre a análise SWOT, mais conhecida como F.O.F.A aqui no Brasil.

A SWOT é uma sigla para Strength (Força), Weakness (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças).

Essa análise é muito utilizada, já que trabalha diretamente com a posição estratégica da empresa, ou seja, onde ela está posicionada no mercado. Além de ser simples e de fácil manuseio.

Composta por dois ambientes – interno e externo – ela busca determinar aspectos singulares para cada um deles.

Ambiente Interno: Forças e Fraquezas

Também conhecido como microambiente ou ambiente controlável, este cenário trabalha o que acontece dentro da empresa, sendo possível encontrar todos as áreas da empresa: Marketing, Financeiro, Vendas, Gestão, Recursos Humanos e etc;

O ambiente interno é crucial quando se analisa uma empresa pois ele determina quais são os pontos fortes ou fracos dela perante seus concorrentes.

Sempre que se pensa em Forças e Fraquezas da sua empresa é importante lembrar que estes aspectos podem ser reestruturados, já que dependem inteiramente do trabalho interno.

Forças

Você já olhou para sua empresa e pensou qual o seu diferencial?

Antes de abrir as portas em Setembro de 2014, o farmacêutico e atual proprietário da Vegan Glam, Irineu, se fez a mesma pergunta.
Vindo de uma família adepta ao veganismo, Irineu percebeu que havia uma grande dificuldade de suas filhas em encontrar produtos de beleza com qualidade e totalmente veganos na cidade de São Paulo.
Mesmo com o mercado vegano começando a crescer, os preços continuavam extremamente abusivos e o processo era duvidável.
Vendo essa necessidade crescente de suas filhas, Irineu começou a fabricar produtos veganos a partir matéria orgânica, nadando contra a forte corrente do mercado de somente adaptar o processo para cruelty free.
Logo a notícia se espalhou e o negócio foi crescendo a ponto de precisar fechar sua pequena farmácia e transformá-la em uma pequena empresa.
O negócio se expandiu e Irineu viu que era hora de abrir uma loja, mas por ter uma experiência bem limitada com negócios decidiu que o melhor era traçar uma estratégia.
Uma das primeiras perguntas que ele precisou se fazer foi quais eram os seus diferenciais. Para isso Irineu precisou analisar seus concorrentes.
Ao passo de que todos utilizam praticamente componentes químicos ou proveniente da agropecuária, Irineu saiu na frente e inovou ao agregar alimentos naturais na sua composição.
A embalagem de seus produtos também seguiam uma linha única, já que eram todos biodegradáveis, muitos até eram fruto de reciclagem.
Sua equipe também era diferenciada, contando com adeptos ou apoiadores do veganismo.

Assim como Irineu, ao montar uma análise SWOT é preciso comparar seu negócio com os dos concorrentes, só assim será possível entender o que te diferencia.

O aspecto de força traz o melhor da empresa.

No caso de Irineu a sua forma de produzir diferencia do que está bombando no mercado. Mas não só, ele trouxe o contexto para dentro da sua empresa e criou uma estrutura onde todos os funcionários possuem um vínculo, esse que dá nome a sua marca.



Fraquezas

Como não é só de forças que se mantém um negócio, ao desenhar seu planejamento estratégico, suas fraquezas não podem ficar de fora, já que elas precisam ser trabalhadas.

Muita vezes o que poderia ser um grande ponto positivo se torna um dos maiores pesadelos de uma empresa.
Quando Irineu idealizou a Vegan Glam, seu intuito era que todo o processo até chegar nas mãos do cliente fosse ecológico, incluindo os meios de entrega.
Apostando tudo nisso ele chegou a comprar 3 bicicletas capazes de fazer o que tinha planejado.
Entretanto ao limitar sua forma de entrega a biciletas, Irineu restringiu a área de atuação da sua empresa para aos arredores da mesma.
Como mora na região leste da cidade de São Paulo, seus entregadores não conseguiriam percorrer a cidade facilmente, criando um outro problema.
A espera.
O produto também que é o grande diferencial de sua empresa, conta uma validade reduzida comparado ao dos concorrentes.

As fraquezas de uma empresa são controláveis, por isso a verificação das mesmas se faz importante em um plano de negócios.

Tornar aquilo que te enfraquece em vantagem é uma saída estratégica tão interessante quanto a adequação para que as tornem padrão.

Por exemplo, Irineu poderia se adequar e investir em produtos com validade maior, assim como uma entrega mais acessível, ou abraçar essas fraquezas e fazer com que a essa limitação seja uma exclusividade da marca, a tornando mais valiosa aos olhos do consumidor.

Tudo vai do feeling do estrategista.

Ambiente Externo: Ameaças e Oportunidades

O macroambiente, ou forças incontroláveis, é o cenário que lida com tudo aquilo que a empresa não consegue administrar por se tratar de fatores externos.

Diferente do microambiente onde as mudanças ocorrem conforme as necessidades internas e de acordo com as políticas internas, o ambiente externo é volátil as mudanças que acontecem nos aspectos tecnológicos, sociais, políticos e econômicos.

Este ambiente está em constante mudança e o que hoje pode ser uma grande oportunidade, amanhã é uma ameaça daquelas.

Ameaças

Se para entender as maiores fraquezas da empresa era necessário se perguntar quais eram seus pontos fracos, quando se trata de ameaças as coisas não mudam muito.

Exceto que nesse caso é preciso se questionar o que pode influenciar para afastar a empresa objetivos, isto é, no cenário que a empresa está inserida.

Que o mercado vegano estava crescendo, isto Irineu já sabia. Mas o que ele precisou não levou em consideração foi a grande demanda.
Por mais que sua empresa estivesse crescendo, a demanda do público aumentava a cada dia, e geralmente quando isso acontece as empresas acabam caindo na lei da procura: Quanto maior a procura, menor o preço.
Irineu optou por um sistema de produção orgânico, este método demandava uma maior quantidade de tempo, resultando no aumento de preços.
Logo a guerra de preços e demanda do público se tornou uma grande ameaça para o crescimento da sua empresa.
E o cenário econômico não ajudava muito, o país estava saindo uma grande crise política-econômica e os investidores continuavam muito receosos. Sendo assim, Irineu estava em uma sinuca de bico, ou se adaptava para sobreviver, ou tinha riscos de declarar falência poucos meses depois de abrir.

Como Irineu bem viu, muitas vezes o cenário pode estar cheios de ameaças, por isso ele merece atenção redobrada no planejamento.

Oportunidades

Divergindo das ameaças, as oportunidades são momentos que o empresário deve aproveitar e utilizar para crescimento da empresa.

O dono da Vegan Glam percebeu que um dos grandes sucessos no segmento de beleza na época eram as resenhas nas redes sociais.
Muitas empresas tinham alcançado sucesso a partir de vídeos de blogueiras famosas resenhando seus respectivos produtos.
Aproveitando a onda do momento Irineu entendeu que para ter um alcance maior era preciso investir parte da renda voltada para o marketing nesse nicho de mercado.
Mas não só, as Feiras Veganas estavam se tornando populares e bem frequentadas, sendo assim um estande nesse tipo de evento faria toda diferença para se conectar com o seu público.

Oportunidades são momentâneas e podem acabar em questão de horas. Então sempre que uma surgir é preciso analisar rapidamente e ver se ela se adequa a empresa, e depois é só surfar na onda.

Como aplicar a análise SWOT

Já entendemos que a análise SWOT possui 4 aspectos importantes que devem ser considerados. Mas conhecer as forças, fraquezas, ameaças e oportunidades não são o bastante na hora de realizar um planejamento estratégico.

Uma das maneiras de se utilizar o SWOT é cruzando os seus 4 aspectos entre si, criando cenários que podem acontecer no seu negócio com base no que foi expresso durante a análise, e a partir deles estratégias para se dar bem.

CENÁRIO 1 – ALAVANCAGEM

Composição: Força + Oportunidade

Este cenário é o mais propício possível, é quando tudo está alinhado e riscos podem ser tomados com uma certa tranquilidade.

Aplicando a análise SWOT de Irineu, onde sua força é a forma que produz o produto, a embalagem e sua equipe, e considerando suas oportunidades, ou seja, o crescimento do interesse do seu público em conteúdo digital e feiras do nicho, se pode traçar uma estratégia:

Estratégia: Investir em comunicação digital, visando sempre a escolha de porta vozes engajadas na causa. Nesse cenário pode-se também investir mais no catálogo online e criar um site onde a forma de produção e a equipe ganhem visibilidade.

CENÁRIO 2 – VULNERABILIDADE

Composição: Força + Ameaça

Quando a empresa está bem estruturada internamente, mas o mercado não, é preciso parar e esperar a melhor hora para agir.

Estratégia: Irineu tem grandes diferenciais na forma de produzir e distribuir seus produtos, mas uma de suas maiores ameaças é o tempo e o preço. Logo ele precisa parar e analisar se realmente vale investir, ainda mais quando sua força e ameaça fazem parte de uma unidade.

Nesta hora ouvir a opinião dos consumidores sobre os produtos e a empresa, é uma forma de identificar se é possível investir em produtos que satisfaçam as vontades dos consumidores. Desta forma tornando a ameaça em uma oportunidade, com chances de crescimento.

CENÁRIO 3 – LIMITAÇÃO

Composição: Fraqueza + Oportunidade

Ao contrário do cenário anterior, aqui o que está pesando é uma fraqueza interna e que pode ser controlada.

Em situações como essas é importante rever o que está acontecendo no microambiente.

Estratégia: A maior fraqueza de Irineu é a forma de entrega que além de limitar seu público deixa a desejar. Neste caso o que pode ser feito é a implementação de mais centros de entrega ao cliente, parcerias com empresas que prestam o mesmo tipo de serviço e desenvolvimento de serviços inovadores. Com os ajustes corretos e o momento adequado, é possível reverter esse cenário também, já que utilizar as redes para divulgar essas mudanças impulsiona a mudança.

CENÁRIO 4 – PROBLEMA

Composição: Fraqueza + Ameaça

Quando se tem um cenário tão negativo como este, é necessária uma mudança radical, começando pelas variáveis controláveis, ou seja, as fraquezas. Se tudo está dando errado é preciso analisar se a empresa está se adequando ao cenário.

Estratégia: No caso de Irineu tornar a empresa mais acessível para o consumidor e fazer ele se sentir parte da construção da nova estratégia da empresa, criar um vínculo de valor com ele. Mas em último caso, a venda da empresa ou a parceria com outra pode ser um estimulante também.

Importância do planejamento estratégico nas vendas

A previsibilidade é um grande aliado de qualquer área da empresa, mas como já vimos por aqui, no setor de vendas ela é crucial.

Saiba mais: Forecast de Vendas

E embora o planejamento estratégico não seja uma forma de prever, ele ajuda entender o cenário que a empresa está inserida.A compreensão ajuda a alimentar o leque de informações necessárias que o vendedor deve ter na hora de oferece um produto ao cliente. Sem contar que realizar o planejamento estratégico ajuda na hora de construir ou entender a persona.

O planejamento estratégico não precisa ser restrito a empresas novas, ele pode e DEVE ser realizado sempre que o gestor sentir que é hora de analisar o desempenho da empresa.

Alguns dados gerados no setor de vendas podem contribuir na hora de um novo planejamento estratégico.

O Moskit CRM é uma plataforma capaz de armazenar e cruzar esses dados, sem contar que é uma ótima ferramenta para impulsionar suas vendas.

Comece hoje mesmo seu teste gratuito no Moskit CRM.