Como construir e acionar seu Networking

Como construir e acionar seu Networking

Era um domingo. Eu estava sentado na Avenida Paulista apenas observando as pessoas passearem. Foi aí que vi um senhor caminhando com a esposa, filhos e um cachorro. Parecia um dia comum de passeio familiar.

Enquanto eu via aquilo, ele acabou encontrando um amigo. Os dois se cumprimentaram, o amigo fez elogios aos filhos dele e começaram aquele papo “Quanto tempo, cara… O que anda fazendo da vida?.Iniciaram uma conversa sobre trabalho. Mais tarde, trocaram cartões de visitas e ainda deu tempo de ouvir:“Poxa, bom te encontrar. Estava precisando de alguém que prestasse este tipo de serviço. Bom saber, cara. Segunda-feira, eu te ligo com certeza.” Lembro-me de ter pensado que São Paulo é realmente a cidade dos contatos.

Naquele dia, ficou claro para mim que é possível transformarmos relacionamentos em negócios realmente concretos. Seja naquele futebol semanal, no salão de beleza ou no elevador, tem sempre uma oportunidade de fazer mais um contato e construir uma rede que pode te fazer alcançar mais oportunidades. Na vida de vendedor, conhecer mais pessoas e expandir a rede de contatos é fundamental.

O que é networking, afinal?

Absolutamente todo mundo faz networking. O termo que vem do inglês (net= rede e work=trabalho) significa realmente aquela rede de relacionamentos ou contatos que possuímos. Focar em construir um networking excelente e ser capaz de acioná-lo pode converter relações em vendas. Encontrar as pessoas certas é primordial no mundo dos negócios.

Hoje em dia, estamos inseridos em muitos grupos de contatos, sejam eles online ou offline, portanto aprender a transformar relacionamento em vendas é uma habilidade primordial para qualquer vendedor. Vender é transmitir confiança e se você for capaz de gerar aproximação suficiente, pode usar isso para fechar mais negócios de maneira fácil.

Como faço para aumentar minha rede e oportunidades?

Tenha sempre em mente que cada conversa que você participa com alguém pode gerar uma oportunidade para expandir a sua rede de relacionamentos e seu campo de ação comercial.

Para isso, não basta ficar passivamente esperando a vida te empurrar para as pessoas, é preciso ter coragem de criar oportunidades. Uma dica importante é participar de eventos do seu setor, frequentar encontros de interesse mútuo, inscrever-se em fóruns de discussão, estar presente em grupo e ir sempre em locais que proporcionam a interação com outras pessoas.

Force-se a puxar papo com outros participantes quando estiver em um evento, começar a criar o hábito de conversar, perguntar as pessoas sobre seus trabalhos, sobre a empresa que estão no momento, descubra sobre o mercado em que ela atua, sobre como funciona o dia-dia dessas pessoas. Proponha-se a enfrentar o desconhecido e crie laços para um possível contato posterior.

Além disso, converse sobre seu trabalho com as pessoas, afinal, quanto mais gente souber o que você faz, mais chances de receber indicações e ser lembrado terá, mas não seja apenas aquele sujeito que só fala de si ou da sua empresa.

Não existe nada mais chato que aquela pessoa que você sabe que é interesseira, portanto, tente criar realmente uma relação verdadeira com as pessoas que conheceu.Seja capaz de ajudá-las, mas também solicite-as quando precisar. A melhor maneira de vender ainda é a ajuda mútua e a parceria entre duas pessoas ou empresas. Esteja sempre preparado para ter uma conversa profissional em eventos corporativos, mas não esqueça de demonstrar-se também como uma pessoa comum que só quer ajuda-la.

Mas, lembre-se de alguns detalhes…

Contar com uma base de contatos ampla não quer dizer necessariamente melhorar seu networking. Contatos salvos na agenda do celular, uma grande quantidade de e-mails ou ter a carteira cheia de cartões não querem dizer que você está construindo uma rede positiva de contatos. É preciso lapidar contatos mais estratégicos.

Uma outra grande dica é aprender a registrar tudo. Assim, cada vez que tiver um lead nova na mão, não precisará recorrer somente a sua memória. Tente documentar a conversa, guardar detalhes, encontrar ganchos de início de conversa, não deixe informações importantes passar em branco.

Lembre-se de manter um contato contínuo com as pessoas-chaves que conhecer. Faça contatos com elas de maneira ativa, tente retomar algum assunto que conversaram e já marcar um novo encontro presencial. Melhor que angariar contatos novos é aprender a trabalha-los.

Para construir um rede de contatos e aproveitar o máximo dela:

  • Aprenda a dizer sim para os convites que receber, mesmo que não entenda muito bem o que ganhará naquele encontro;
  • Faça questão de comunicar-se com clareza com todas as pessoas que puder;
  • Seja sempre presente, assim, você evita que tenham a impressão que você só surge quando precisa;
  • Não menospreze pessoas pela sua aparência ou por ter julgado algo diferente;
  • Converse e faça questão de anotar os contatos das pessoas que tiver sincronia;
  • Apresente-se sempre como alguém disponível;
  • Não tenha vergonha de adicionar as pessoas em suas redes sociais;

Você só pode considerar um bom contato feito para seu networking aquele que você realmente nota uma sincronia comercial possível. Por isso, a sua principal estratégia é o cuidado essencial na hora de selecionar pessoas certas para relacionar-se e prospectar futuramente. Não conte apenas com os acasos para te colocar de frente com um grande negócio. É preciso ir atrás.