<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=230488125300927&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Linguagem corporal em vendas: quando e como utiliza-lá

Talita Bernardes

por Talita Bernardes

Para vender é crucial que se use todos os recursos disponíveis. 

É comum, no entanto, resumir esses recursos apenas a ferramentas e metodologias, mas o seu corpo pode ser um dos principais instrumentos de vendas.

Durante o contato com os clientes a sua linguagem corporal tem um papel importante, todos os gestos, expressões e até mesmo as roupas que você veste, causam um impacto no consumidor, podendo ele ser positivo, ou não.

Dominar a linguagem corporal é fundamental para atrair, dominar e conquistar os seus clientes, é através dela que você pode se reafirmar e passar credibilidade no que está sendo discutido. 

Quer aprender mais sobre linguagem corporal em vendas e as maneiras de utilizá-la? Veja a seguir o texto que preparamos para você.

O que é linguagem corporal?

A linguagem corporal é a nossa principal forma de comunicação não-verbal

Nossos gestos, expressões faciais e posturas expressam nossos sentimentos de maneira orgânica. Isso ocorre porque a maioria desses sinais são enviados inconscientemente enquanto estamos expressando uma ideia, ou sentimos algo em relação a situação que estamos expostos, seja alegria, medo, raiva ou tristeza, é quase impossível suprimi-los.

Sendo assim, a linguagem corporal inclui todos os sinais corporais conscientes e inconscientes que fornecem informações sobre o estado emocional e as intenções de uma pessoa, isso inclui gestos, expressões faciais, postura e movimentos. 

No entanto, também existem sinais emitidos conscientemente pelo corpo que podem ser usados ​​de maneiras específicas para se comunicar. 

Os gestos com as mãos, por exemplo, dão mais peso aos argumentos, enquanto as expressões faciais podem indicar um desejo de discussão ou, ao contrário, uma necessidade de paz.

Ainda não entendeu? Segue alguns exemplos do que pode ser considerada linguagem corporal:

  • expressões faciais;
  • postura corporal;
  • vestimentas;
  • respiração;
  • olhares.

Como utilizar a linguagem corporal em vendas?

Para conseguir passar a mensagem para o seu cliente com convicção, a sua linguagem corporal deve estar apoiando a sua fala.

No entanto, apesar de ser orgânica, alguns posicionamentos que você toma contribuem para reforçar o que está sendo discutido.

Separamos 7 dicas que podem te ajudar a utilizar a linguagem corporal a seu favor.

1. Escolha bem as cores de suas roupas 

Pode até ser novidade para você, mas as suas roupas também fazem parte da sua linguagem corporal de vendas.

Entretanto, não estamos nos referindo a vestimenta social, embora ela seja um diferencial essencial em alguns nichos, mas sim as cores e estampas que você utiliza.

Preparamos uma tabela para te ajudar a compreender o significado das principais cores:

 

O vermelho é a cor mundial da paixão, mas esse não é o único significado dela. Usar a cor vermelha pode te ajudar a passar uma mensagem de coragem, foco e energia. 

 

O laranja é uma cor vibrante e calorosa, usá-la pode passar energia, força de vontade e simpatia. Ele também estimula a socialização. 

 

O amarelo geralmente remete a alegria e positividade, e justamente por isso estimula a comunicação. Usar amarelo pode incentivar o seu cliente a se abrir.

 

O verde é uma cor que acalma, por nos remeter a natureza. É uma excelente cor para se usar com clientes que apresentam ansiedade ou inquietação. 

 

O azul passa força, confiança, harmonia e maturidade. Ele consegue passar um senso de inovação e credibilidade. 

 

O roxo e o lilás são cores utilizadas para apresentar uma sabedoria e mudanças. As duas cores também estimulam a criação de novos projetos.  

 

O rosa, assim como o vermelho, está ligado ao amor e pode passar uma imagem mais romântica, o que pode fazer toda  a diferença na hora de apresentar uma solução. 

 

O branco é clássico, ele passa uma imagem de pureza, paz e neutralidade. É uma ótima cor para utilizar durante as negociações. 

 

O preto é uma cor muito positiva, ela apresenta autoridade, poder e suavidade. Pessoas que utilizam preto conseguem atrair a atenção para elas. 

 

2. Controle suas expressões faciais

Todas as nossas expressões faciais têm um reflexo na maneira com que somos compreendidos, logo o que falamos deve acompanhar o que estamos demonstrando.

Por exemplo, você não pode falar que uma solução funciona enquanto seu rosto demonstra incerteza, ou expressões faciais negativas.

Essa é uma tarefa que demanda muita atenção, visto que, geralmente, não pensamos antes de realizar uma expressão facial, uma vez que isso é algo corriqueiro e normal.

É importante treinar e pensar mais nesse aspecto, com o tempo sua mente vai estar treinada o suficiente para não cometer gafes. 

3. Passe confiança com o olhar

Assim como as suas expressões faciais, o seu olhar também tem um peso na maneira com que os clientes vão compreender o peso das suas palavras.

Procure sempre passar confiança com o olhar e mostrar que você domina o assunto do qual está falando.

4. Se posicione bem

Seguindo a mesma lógica das expressões faciais, o posicionamento corporal diz muito sobre você.

Por exemplo, mãos e pernas agitadas podem ser sinais de nervosismo ou estresse, enquanto mão na cintura e o ator de coçar a cabeça passam uma impressão de indecisão, inquietação e confusão.  

Sempre projete seu corpo de maneira que seus ombros apareçam relaxados, já que isso demonstra que você está confortável e receptivo.

5. Use a simpatia

O seu corpo, olhar e expressões faciais podem ser uma porta de entrada para novos clientes, se você conseguir demonstrar simpatia.

Um sorriso e uma postura convidativa podem fazer toda a diferença e mostrar para o seu cliente que você tem como seu melhor interesse resolver as demandas dele.

6. Não fique de cabeça baixa

É muito comum ver pessoas de cabeça baixa e sentir uma insegurança, tristeza e tédio por parte delas, já que essa postura passa exatamente por isso.

Fique com a cabeça sempre levantada e posicionada na direção de seus clientes, mas não tensionada, já que isso pode passar a sensação de inquietação. 

7. Concorde sempre que necessário

Concordar com o seu cliente não é apenas dizer sim, você precisa que ele acredite em você, por isso afirmar com a cabeça, ou fazer algum sinal positivo, pode fazer toda a diferença.

Qual o melhor momento para utilizar a linguagem corporal em vendas? 

A verdade é que a linguagem corporal deve ser uma extensão da sua comunicação, logo ela deve, e pode, ser usada durante todo o contato com o cliente.

Desde o momento do primeiro contato, até o fechamento do negócio, a linguagem corporal pode ser um mecanismo para atrair ainda mais a atenção dele e potencializar as ações que vão ser desenvolvidas.

Um sorriso, ou uma expressão que demonstra confiança podem ser o empurrãozinho que faltava para o cliente confiar no que está sendo dito.

Como saber se a linguagem corporal está surtindo efeito? 

Não existe uma fórmula mágica para entender se a sua estratégia está funcionando.

No entanto, você pode ficar atento a dois fatores: seu fluxo de vendas e a recepção dos clientes.

Assim como você deve prestar atenção nos sinais que passa, é importante olhar para os sinais que o cliente passa, como por exemplo, se ele está entediado, confuso ou inseguro.

Mas além disso, o seu fluxo de vendas também pode dizer muito.

Se após adotar a linguagem corporal com uma maior seriedade você notar que suas vendas estão se desenvolvendo com mais facilidade, esse é o sinal que você precisava para investir ainda mais nela.

Um bom CRM pode te ajudar a visualizar e acompanhar esse fluxo. Se você ainda não conhece um, te indicamos o Moskit CRM, uma ferramenta pensada para atender todas as necessidades do vendedor brasileiro. Clique aqui e comece o seu teste gratuito

Compartilhe esse publicação

Compartilhar no twitter Twitter Compartilhar no facebook Facebook Compartilhar no Whatsapp Whatsapp
Também em Blog Moskit