Gestor Comercial: porque você não deve carregar a cruz da venda sozinho

Gestor Comercial: porque você não deve carregar a cruz da venda sozinho

O sentimento que um gestor carrega todos os dias não é fácil.

São inúmeras as tarefas, cobranças de todas as direções e uma equipe inteira que depende de suas orientações para alcançar o resultado esperado.

Diferente dos outros gestores, para o gestor de vendas ainda existe um agravante. Além das responsabilidades que os outros líderes carregam, o líder de vendas tem a função específica de trazer dinheiro para empresa, sendo quem de fato transforma tudo o que é produzido em retorno real.

É nesse aspecto que as pressões tornam-se esmagadoras. Se a empresa não esta vendendo, a balança entre investimento e retorno começa a desequilibrar.

Mas o gestor não deve carregar essa cruz sozinho, existem muitas formas de dividir este peso e facilitar o andamento dos resultados.

Crie uma equipe formada por líderes

Uma das principais iniciativas que um gestor deve assumir para que sua carga seja menor, é compartilhar a autonomia de tomar decisões estratégicas com os membros de sua equipe.

Se para cada decisão que surgir for necessária a intervenção do gestor, seu tempo precisa ser cada vez mais diluído entre cada um dos membros de sua equipe. Nessa conta, cada novo membro representa menos tempo disponível para o gestor.

É importante que o gestor transforme sua equipe num time de líderes, profissionais que entendem a estratégia da empresa e tenham autonomia para tomar decisões que estejam alinhadas com o propósito do negócio.

Para conquistar um time de líderes, existem algumas ações que podem ser tomadas.

1. Estimule a interação entre departamentos

Se equipes possuem abertura para trabalhar diretamente com outros departamentos, consultando necessidades e extraindo informações necessárias para o avanço do trabalho, a intervenção do gestor se torna cada vez menos necessária.

2. Converse sobre o processo

Converse com a equipe sobre os processos da empresa: deixe claro de onde estão vindo e para onde estão indo. Garanta que todos os membros da equipe entendam os principais problemas da empresa e qual a visão que todos devem compartilhar para que tudo seja solucionado sem prejudicar o objetivo central do negócio.

3. Transfira autoridade

Transferir o poder de tomar decisões para membros da equipe é uma excelente forma aumentar a autonomia do time. Pode demorar um pouco até que todos estejam treinados e alinhados na direção que as decisões devem seguir, mas com o tempo e a maturidade, os resultados serão cada vez melhores.

4. Demonstre sua paixão

Tomamos boas decisões e nos preocupamos com os resultados quando somos apaixonados pelo que estamos fazendo. Compartilhar este sentimento e estimulá-lo entre os membros do time é uma excelente forma de manter a equipe preocupada com os processos estruturais e a eficiência do trabalho.

5. Deixe clara a responsabilidade

Num cenário onde as decisões dos membros podem impactar o funcionamento da empresa, é necessário que todos entendam o tamanho da responsabilidade que carregam e a importância do bom julgamento na hora de assumir uma decisão.

Trabalhe com as melhores ferramentas

Além de uma boa equipe formada por líderes, é imprescindível reduzir a carga de trabalho automatizando o máximo de atividades com o melhor que a tecnologia pode oferecer.

1. RD Station

RD Station é uma poderosa solução para automação de marketing, mas para o gestor de vendas suas possibilidades também são igualmente valiosas.

Grande parte da decisão sobre quais leads dar preferência e da divisão de quem ou quais equipes tratarão a oportunidade exige bastante energia do gestor. Essa inteligência pode ser inserida no RD Station e automatizado de forma rápida, economizando muito tempo e recurso tanto do gestor quanto de toda equipe de vendas.

2. Exact Spotter

Outra ferramenta importante para o gestor de vendas e desenvolvida para enriquecer a inteligência do departamento de vendas é o Exact Spotter, facilitando o processo de prospecção ativa para vendas business to business.

O objetivo do Spotter é revelar para o time de pré-vendas quais clientes têm maior probabilidade de fechamento, trazendo uma abordagem muito mais efetiva e resultados maiores.

3. Moskit CRM

É impossível assumir um processo de vendas com seriedade sem o uso de uma boa solução de CRM.

O esforço e tempo gastos na organização da carteira de clientes, produzindo relatórios e acompanhando a produtividade da equipe podem ser completamente reduzidos apenas utilizando o Moskit CRM.

O Moskit CRM foi desenvolvido para organizar as vendas desde os profissionais autônomos que estão saindo das planilhas e começando a estruturar seu processo de vendas, até grandes empresas que operam com várias equipes diferentes e uma estrutura composta por inúmeras filiais.

Independente do estágio do seu negócio, o Moskit CRM é a arma ideal para organizar as vendas e garantir um relacionamento de qualidade com o cliente.

Se ainda não conhece o Moskit CRM, clique aqui e faça um teste grátis.

alt