Já se foi o tempo em que termos e técnicas ficavam nichadas, atualmente é comum ver estratégias de diversas áreas sendo aplicadas em vendas, e a gamificação é uma delas.

A gamificação, ou gaming, é uma técnica comumente utilizada em jogos online para aumentar o engajamento do usuário. Em vendas ela pode ajudar a aumentar as conversões, a competitividade e os lucros.

Quer entender como? Preparamos um conteúdo abordando tudo o que você precisa saber sobre gamificação de vendas.

  1. Gamificação: o que é e qual sua origem
  2. Quais são os elementos da gamificação de vendas? 
  3. Quais os benefícios e vantagens da gamificação?
  4. Como aplicar a gamificação  de vendas na sua empresa?
  5. Ferramentas que ajudam na gamificação de vendas

Gamificação: o que é e qual sua origem

Gamificação, ou gaming, é o nome dado à  aplicação de técnicas e mecanismos de design de jogos. O objetivo desse processo de integração é aumentar o engajamento dos usuários dentro do jogo.

Dada a sua efetividade e capacidade de melhorar o engajamento, por exemplo, a gamificação pode ser aplicada em outras áreas de atividade, normalmente como uma técnica de marketing online para encorajar o envolvimento com um produto ou serviço. 

Em vendas a gamificação ajuda a melhorar a intuição do vendedor, e entender que embora o time seja composto por pessoas diferentes e únicas, existem dinâmicas comuns, isto é, metas e objetivos, que podem ser estimuladas através dos mecanismos básicos do gaming. 

Os jogos podem influenciar muito o nosso comportamento, orientando também os nossos hábitos e intervindo nas nossas decisões, o que coincide muito com as metas de vendas e marketing.

A eficácia dessas ferramentas baseiam-se em muito mais em estratégias motivacionais do que econômicas. Claro que para obter a mobilização máxima de um grupo de vendedores, o incentivo monetário é importante, mas não é o único que funciona e certamente não é o mais eficiente em termos de relação custo/benefício para a empresa.

A gamificação ativa alavancas motivacionais como reconhecimento, segurança e  sociabilidade, além de claro, os estímulos intelectuais. Isso porque a gamificação tem a estimular a competitividade de maneira saudável nos indivíduos da equipe.

Quais são os elementos da gamificação de vendas?

Já deve ter ficado  evidente que apesar de compartilharem o mesmo termo, a aplicação da gamificação em vendas se diferencia da aplicação em jogos. 

A gamificação de vendas conta com alguns elementos específicos que, apesar de não serem regras, ajudam a direcionar e construir uma estratégia bem mais adequada.

  • Leaderboard ou Ranking: um ranking digital que permite aos vendedores a visualizarem seus resultados e os dos seus colegas.
  • Feedback em tempo real: a equipe é constantemente atualizada em tempo real sobre seu progresso.
  • Missões: as missões são as metas que a equipe deve concluir. É essencial criar um conjunto variado de missões para envolver melhor o pessoal no dia a dia.
  • Pontos: sistema de pontuação para motivar mais os colaboradores e poder elaborar rankings da empresa.
  • Recompensa: além dos habituais prêmios corporativos em dinheiro, com a Gamification é possível criar recompensas digitais, típicas do mundo do jogo, que visam a esfera psicológica do usuário.

Quais os benefícios e vantagens da gamificação? 

A gamificação tem uma importante função no cenário de vendas: gerenciar equipes e manter as pessoas engajadas nos indicadores, tarefas, comunicação e resultados da empresa. 

Mas não só, a gamificação também pode ajudar a aumentar as vendas e o desempenho do trabalho da força dos colaboradores, melhorando o ambiente de negócios e criando uma equipe unida e mais envolvida nas atividades de trabalho.

A gamificação também aumenta o sentimento de pertencimento da equipe de trabalho, e torna o trabalho diário mais estimulante, estabelecendo metas e objetivos a serem alcançados todos os dias.

Separamos mais alguns benefícios e vantagens da gamificação. Confira!

1. Amplia a competição entre os vendedores

Os vendedores são competitivos por natureza, e fazer com que eles corram atrás dos objetivos comerciais permite que o gerente da área possa incentivar a ambição do seu time. 

Muitas vezes, não é um prêmio que incentiva o vendedor, mas o reconhecimento pelo gestor e pelos os colegas de trabalho. 

Isso pode ser ainda mais potencializado quando se utiliza um sistema que seja capaz de estimular o foco nos indicadores, tarefas e campanhas de incentivo.

2. Reduz o desgaste emocional do gestor

O gestor se desgasta muito cobrando sua equipe a todo momento, essa cobrança não é só estressante, mas também toma um grande tempo dele, tempo do qual ele poderia estar focando em outras atividades.

Por meio da gamificação são explorados pontos, níveis, recompensas e regras, de forma a incentivar sua equipe de vendas de maneira lúdica, reduzindo o desgaste natural da cobrança de resultados e aumentando a produtividade das equipes comerciais, graças ao estímulo de comportamentos que fazem com que se ganhe “pontos”, exatamente como em um jogo.

3. Reconhecimento sistemático dos melhores vendedores

A gamificação pode ser usada para inspirar a colaboração e imprimir um melhor trabalho em equipe, com a ideia de ganhar um prêmio pelos esforços e resultados obtidos.

Tal feito pode mostrar ao gestor não apenas quais os talentos mais importantes da empresa, mas também quais as ações e atitudes operacionais que merecem ser incentivadas mais e mais nos outros colaboradores, de sorte que exista uma melhora mais abrangente no time.

4. Possibilita a realização de feedbacks

Baseado no conceito de colaboração proporcionado pelas competições do time comercial, haverá mais oportunidades para o diálogo entre gestor e subordinados, facilitando o processo de feedback de vendas individuais e coletivas.

Isso ocorrerá normalmente, porque o colaborador poderá ver as suas forças e fraquezas, de acordo com as suas classificações em cada tipo de competição promovida pela empresa. Isso pode inspirar colaboradores que tenham um fluxo mais baixo de vendas a vender mais.

5. Cria um ambiente de trabalho envolvente

Desafios na carreira de vendas costumam ser gratificantes, ainda mais quando atingimos os nossos objetivos pessoais e profissionais. 

No ambiente corporativo, temos dois fatores impulsionadores para essa motivação: a remuneração e as oportunidades de crescimento profissional

Com um ambiente agradável, as pessoas tendem a se esforçar mais para realizar todas as tarefas da área, incluindo a realização de relatórios e demais tarefas administrativas pertencentes à área comercial.

Como aplicar a gamificação de vendas na sua empresa?

Para instalar um bom sistema de gamificação na empresa, em primeiro lugar é necessário identificar quais os indicadores de desempenho ou performance que se deseja medir.

Caso contrário, a gamificação será imprecisa e não colabora para que os aspectos listados anteriormente melhorem. Mas e depois? 

Separamos 9 dicas que vão te ajudar a aplicar a gamificação dentro da empresa.

1. Escolha a tecnologia certa

Para realmente se destacar na gamificação de vendas, é essencial ter um sistema de automação de vendas que possa agilizar todo o processo. Isso normalmente pode ser encontrado dentro de um sistema de gerenciamento de clientes.

E esse por si só, já é um grande desafio, já que só quem é gestor sabe como é difícil fazer com que os representantes adotem novas tecnologias

A gamificação aumenta consideravelmente as taxas de adoção, visto que ele proporciona um aumento no engajamento interno. Selecione o sistema certo e você não só aumentará as vendas por meio da gamificação, mas também aumentará a adoção e o uso de seu CRM.

2. Determine as métricas que você deseja rastrear

Depois de ter seu CRM em vigor e o processo de gamificação configurado, você deve definir quais métricas deseja acompanhar em relação aos seus objetivos de gamificação.

Considere o que impulsiona seus negócios e incorpore essas métricas aos desafios que você cria para sua equipe.

Dessa forma, você trabalha de trás para frente a partir de seus objetivos finais desejados e planeja seu programa de gamificação de uma forma que permita atingir esses objetivos.

3. Utilize os resultados para aumentar a competitividade 

Para que o processo de gamificação se torne mais interessante, é importante ter uma espécie de ranking disponível para a equipe acompanhar os seus resultados e o dos colegas.

O desejo de alcançar o primeiro lugar e aumentar sua taxa de sucesso fará com que os representantes trabalhem mais arduamente para serem reconhecidos e de certa forma recompensados.

E se engana quem pensa que competitividade é algo ruim, quando a competição é instaurada dentro da equipe de forma saudável, ela ajuda a motivar e fazer com que todo o time se entrose e crie um relacionamento saudável. 

4. Faça com que a equipe esteja disposta a competir

Quando falamos de incentivos para equipe, normalmente dinheiro ou recompensas monetárias são comumente o primeiro impulso. Só que a motivação está diretamente ligada à produtividade. 

O método mais eficaz para melhorar o desempenho é por meio de programas de incentivo de vendas. E quando você gamifica as vendas e inclui incentivos para ganhar, você coloca em prática a variável certa para impulsionar essa motivação.

A recompensa nem sempre precisa ser dinheiro, um dia de folga ou pequenos presentes podem ser bem mais interessantes.

5. Melhore seus dados de vendas

Se seus representantes não estiverem totalmente engajados no seu CRM e pularem a manutenção de dados e acompanhamento de vendas, a integridade de seus dados começará a declinar. 

Cuidar dos dados de cada cliente em potencial com o qual seus representantes interagem leva um pouco de tempo, e é por isso que os níveis de adoção de software de CRM são tão baixos entre os vendedores. Eles preferem fechar negócios do que perder tempo inserindo detalhes sobre ligações de vendas. 

Quando você recompensa os representantes por utilizarem o CRM de maneira adequada, é mais provável que eles façam isso. Além disso, quanto mais limpos e precisos forem os dados, mais fácil será para eles identificarem seus leads qualificados.

Assim que perceberem que a dedicação que colocam no trabalho com CRM está resultando em bons negócios, eles começarão a entender a importância de realizar a manutenção do CRM diariamente.

6. Impulsione a motivação por meio de reconhecimento

Você pode se surpreender com a quantidade de gerentes e diretores de vendas que não param para parabenizar os representantes por um trabalho bem executado. 

Receber reconhecimento motiva as pessoas a serem ainda mais produtivas. Nada mais desanima os funcionários do que trabalhar duro e sentir que ninguém está prestando atenção.

Quando você gamifica as vendas, esse problema é resolvido mais facilmente. Com a gamificação, esse reforço positivo é incorporado ao próprio software.Sem contar que através da gamificação sua meta geral pode ser estruturada em pequenas metas, e elas podem ser reconhecidas sempre que forem atingidas.

7. Trabalhe com o forecast de vendas

Como mencionado anteriormente, quando você gamifica as vendas, você mantém os dados sempre atualizados. Quanto mais recentes forem seus dados e mais preciso seu funil de vendas, maior será sua capacidade de prever com precisão as vendas futuras. 

Quando você tem acesso a métricas e relatórios de CRM e pode prever vendas futuras com mais precisão, torna-se muito mais fácil ajustar os objetivos definidos para seus representantes. 

Então, você pode determinar mais facilmente onde alocar recursos para ajudar a alcançar esses objetivos. Simplificando, ao gamificar seu processo de vendas, você será capaz de tomar melhores decisões baseadas em dados sobre sua estratégia de vendas futura.

8. Una seus funcionários em torno de objetivos comuns

Quando você introduz a gamificação em sua equipe de vendas, ela conecta imediatamente todos os seus funcionários. Eles começarão a colaborar mais, interagir mais e a se unir em torno dos objetivos comuns que foram definidos.

9. Avalie e reavalie constantemente

Uma parte importante do processo de gamificação é determinar estratégias, mas isso não significa que ela não deve ser reavaliada.  A gamificação permite entender o que está funcionando e o que pode estar atrapalhando sua equipe.

A avaliação se torna mais fácil quanto mais você usa a gamificação, porque mais dados são armazenados ao longo do tempo. Assim que os representantes começarem a aumentar o uso de seu CRM, você consegue acessar todos os dados e reavaliar sua estratégia.

Ferramentas que ajudam na gamificação de vendas

Como já citado ao longo do artigo, o CRM é uma das melhores escolhas para empresas que buscam implementar a gamificação dentro dos seus setores de vendas ou marketing.

Isso porque o CRM é uma ferramenta de gerenciamento do relacionamento do cliente, logo ele pode proporcionar o registro de dados e acompanhamento dos mesmos, e no que diz respeito a desempenho ele também não deixa nada a desejar.

O CRM se destaca na utilização para gamificação por promover a produtividade, um dos requisitos mais importantes para uma competitividade saudável e um sinal de que a estratégia está funcionando.

Se você não sabe qual CRM escolher, o Moskit pode ser uma excelente ferramenta para você. Contando com funcionalidades pensadas para o vendedor brasileiro, o Moskit não desaponta quando o assunto é inovação e compromisso com o consumidor, então clique aqui e realize um teste gratuito