Métricas de marketing e o sucesso do seu negócio: como medir?

Métricas de marketing e o sucesso do seu negócio: como medir?


Dentro das empresas, o marketing é visto, comumente, como uma ferramenta que auxilia na divulgação e disseminação da solução vendida por ela.

Entretanto, ele é muito mais do que isso, uma de suas definições oficiais aponta que ele é formado por um conjunto de ações e estratégias que visam entender a necessidade do consumidor, e a partir delas criar maneiras de atendê-las.

Para que ações sejam desenvolvidas, o primeiro passo é olhar para as métricas de marketing, já que são elas que vão dizer qual o melhor caminho a se seguir.

O que são métricas de marketing?

As métricas de marketing podem ser definidas como indicadores que apontam a evolução e desenvolvimento das campanhas e estratégias atreladas a empresa em determinados momentos. São através desses dados que decisões mais assertivas podem ser tomadas e novas campanhas desenvolvidas.

Os benefícios de se atentar a analisar as métricas de marketing são imensuráveis, pois com a mudança constante de mercado, cada dia mais eles se mostram indispensáveis, mas é possível apontar que uma das vantagens de adotar essa prática dentro do setor está no fato de conseguir refinar cada vez mais o público que consome as campanhas e estratégias criadas pelo marketing, aproximando a empresa mais e mais do seu verdadeiro público-alvo.

Isso provoca um aumento no número de vendas, já que se estará dialogando diretamente com quem precisa de você.

Quais são as métricas mais utilizadas

O marketing não é uma atividade nova, e com o passar das décadas e as mudanças do consumidor, as métricas para medir as suas estratégia foram se adaptando, logo, apesar de existir milhares, nem todas são úteis nos dias de hoje.

Sendo assim, separamos as métricas de marketing em algumas categorias, aquelas que mais utilizamos, para que vocês possam conhecer, são elas:

  • Métricas de atração
  • Métricas de conversão
  • Métricas de receita e retenção

Vamos conhecê-las?

Métricas de marketing para atração

Atrair os consumidores é o primeiro passo para fazer com que eles se interessem pela sua solução, sem ela eles dificilmente chegarão até você e saberão sobre o que a sua empresa fornece e como pode ajudá los.

1 -  Número de visitas no site e nas redes sociais

Atualmente, a principal maneira de atrair o cliente para conhecer mais sobre seu produto/serviço é feito através da internet e, como bem sabemos, ela é gigantesca e é necessário criar campanhas e ações para que essas pessoas passem a conhecer mais.

Uma forma de mensurar se está surtindo efeito, é analisar o número de visitas que o seu site, blog ou redes sociais tiveram no período em que a ação vinculada estava no ar, essas visitas são excelentes para apontar se está funcionando ou não.

Dentro desse número, é bacana também investigar quem são seus visitantes recorrentes, ou seja, aqueles que sempre estão visitando seu site ou blog.

2 - Origem de tráfego

É comum ter dentro da empresa várias estratégias de atração rodando ao mesmo tempo, já que os consumidores não se encontraram somente em um único local, mas é importante saber de qual lugar eles vieram e qual o fluxo desses canais, pois sabendo quais são eles é possível criar novas ações voltadas para ele.

Algumas análises até mesmo fornecem dados referentes a idade e localização.

É interessante também analisar qual a taxa de pessoas que acessaram via celular, isso porque com o crescimento do uso do aparelho para realizar diversas funções, as campanhas precisam se adaptar.

Métricas de marketing para conversão

Quando os usuários já estão cientes do serviço que é oferecido e como a empresa trabalha, é preciso criar ações que o levem a ser convertido e se qualificar como um lead que pode gerar frutos para empresa, as métricas nesse ponto também apontam como andam a maneira do setor em abordá-los.

3 - Bounce rate

Sabe quando você acessa um site, mas, ao abri-lo e ver que não se encaixa com o que você quer, imediatamente fecha? Essa ação é chamada de bounce rate, ou taxa de rejeição.

Os leads que fecharam sua página não estão qualificados, visto que não demonstram interesse em conhecer mais.

Outro dado importante que pode se tirar dessa métrica é como o seu SEO está direcionando os visitantes e como a sua comunicação e conteúdo estão. Um dos principais requisitos para que um indivíduo continue a navegar pelo seu site ou suas redes é o conteúdo que é disponibilizado por ele, isso pode ser verificado com a  taxa de cliques.

Se o seu bounce rate for muito grande, significa que algo na sua estratégia está errada.

4 - Taxa de conversão

A taxa de conversão é capaz de ser definida como uma ação que o seu consumidor toma dentro do seu site, pode ser o preenchimento para o teste gratuito, ou uma assinatura para a newsletter e até mesmo baixar um dos e-books que vocês disponibilizam.

O importante é que, a partir dessa ação, significa que ele está mais envolvido com a solução e r a se tornar um cliente.

Ficar de olho nessa métrica consegue te apontar se mudanças são necessárias se, caso, a sua taxa de conversão estiver baixa, já que isso é um sinalizador de que as coisas não estão indo bem.

5 - Análise do funil de vendas

Toda estratégia de marketing, impacta diretamente no funil de vendas, visto que elas são pensadas justamente para atrair o consumidor através do entendimento de duas necessidades.

Ficar de olho na taxa de conversão do funil de vendas, também se faz necessário dessa forma.

O essencial é que a empresa trabalhe com um software comercial, como o Moskit CRM, já que ele pode ser um grande aliado para investigar como os leads estão reagindo.

Métricas de marketing de receita ou retenção

Se engana quem pensa que o marketing não acompanha aquele lead depois que ele se torna cliente, afinal de contas, as estratégias continuaram sendo realizadas para que ele se mantenha fiel e não cancele.

6 - Custo de Aquisição por Cliente (CAC)

Você sabe qual o custo utilizado para adquirir cada cliente seu?

Mensurar esse valor é muito importante, pois ele te mostra se vale a pena ou não continuar realizando o tipo de ação ou estratégia em vigor.

Para calcular o seu CAC são necessários 2 dados: o quanto foi investido em marketing em período x e o número de clientes conquistados.

Supondo que uma empresa gastou 15 mil em marketing nos últimos 30 dias e teve 300 clientes convertidos, seu CAC poderia ser calculado da seguinte maneira:

CAC = valor investido/ número de clientes

CAC= 15000 / 300

CAC = 50

7-  Retorno sobre investimento (ROI)

Você já sabe quanto custa para adquirir um novo cliente, mas qual será o lucro que ele gera para empresa?

É importante saber quanto ele rende, visto que esse é uma das principais funções da empresa, gerar lucros para continuar aberta.

Essa taxa pode ser calculada através do ROI.

Ainda utilizando o exemplo anterior de que foram gastos 15 mil em marketing, imagine que os lucros daquele mesmo período foram de 30 mil, logo:

ROI = 300000 - 150000 / 150000

ROI = 15000 / 15000

ROI = 1

Sendo assim, seu ROI é igual a 1,0 ou 100%, logo seu investimento obteve 100 de retorno.

8 - Lifetime Value (LTV)

Às vezes, por mais que o investimento naquele cliente possa ser alto, é preciso analisar a longo prazo qual o retorno que ele trará à empresa. É possível executar esse cálculo através do LTV, ou tempo vitalício do cliente.

Para realizar esse cálculo, é necessário ter em mãos o ticket médio e tempo de relacionamento com o cliente.

Imagine que o ticket médio dele é R$300 e que cada consumidor fique em média 6 meses dessa forma, o LTV pode ser calculado:

LTV = ticket médio x tempo de relacionamento

LTV = R$ 300 x 6

LTV = R$ 1500

Métricas de marketing e ferramentas de vendas

Dentro do setor de marketing existem diversas métricas que podem mensurar o sucesso do seu negócio, e até mesmo apontar o que precisa ser renovada/modificado para melhor atender os consumidores.

No entanto, ela não deve andar só.

Aliar marketing com vendas se faz cada dia mais necessário, já que um depende do outro para sobreviver.

Uma maneira de fazer isso é adotando ferramentas que, além de auxiliar no andamento do setor comercial, ainda resultam dados e possibilitam o acompanhamento de estratégias.

O Moskit CRM é um desses poucos softwares que consegue suprir ambas as necessidades.

Comece um teste gratuito hoje mesmo e saiba como podemos te ajudar.