4 motivos para fazer uma pesquisa de satisfação do cliente

4 motivos para fazer uma pesquisa de satisfação do cliente

A opinião do cliente em relação ao produto ou serviço só começa a se formar após a compra e utilização.

Esse período é extremamente importante, pois somente um cliente que experimentou o produto é capaz de expressar sua opinião em uma pesquisa de satisfação.

Parece até meio óbvio consultar a opinião do cliente em relação ao que ele consumiu, mas somente algumas empresas investem nesse tipo de ação.

A pesquisa de satisfação é uma ferramenta que ajuda a promover mudanças e melhorias.

Que tal conhecer um pouco mais sobre ela?

Por que é importante medir a satisfação do cliente?

Vamos imaginar que você foi em um restaurante e o ambiente era bacana, o atendimento excepcional e a noite foi divertida, mas o prato principal estava salgado.

O desejo de voltar ao local pode até ser grande, mas o fato do produto principal ter deixado a desejar pesa na hora da escolha.

Agora, pense comigo: se no final da noite o garçom te perguntasse seu nível de satisfação e o que poderia ser melhorado, isso não faria você repensar e voltar ao local?

A pesquisa de satisfação tem este intuito, conhecer e entender a opinião do cliente em relação ao que ele consumiu.

Não importa se a experiência dele foi positiva ou negativa, o cliente sempre vai ter algo a dizer.

Dependendo do grau de satisfação de um grupo de clientes, é possível medir o que pode melhorar.

Ainda não está convencido?

Então, conheça 4 motivos para realizar uma pesquisa de satisfação em sua empresa:

1 - Resoluções de problemas

Toda empresa tem problemas e, às vezes, quem está dentro não consegue ter uma visão clara do que realmente está acontecendo.

Um dos benefícios da pesquisa de satisfação é conseguir solucionar problemas de forma rápida.

Quando um cliente se sente insatisfeito e aponta o que pode estar errado, o gerente que leva a sério a pesquisa investiga o que pode ser modificado a fim de transformar a insatisfação do cliente.

2 - Identificação das fraquezas

Quando realizamos uma análise SWOT do nosso negócio separamos nossas fraquezas das nossas ameaças. Isso acontece, pois, enquanto uma lida com o macroambiente, a outra é atribuída ao microambiente.

As fraquezas são um déficit do microambiente e isso é bom, pois é possível corrigir.

Enquanto o macroambiente lida com variáveis incontroláveis, o microambiente é repleto das controláveis.

Em uma pesquisa de satisfação, quando muitos clientes se mostram insatisfeitos com um tópico em questão, é possível que essa seja a fraqueza da empresa.

3 - Retenção de clientes

Quando a causa do problema que está fazendo com que os clientes cancelem ou não voltem a utilizar o produto ou serviço da empresa é identificada, se torna mais fácil ajustá-la para fidelizar esses consumidores.

Eles se sentem compreendidos e dão um voto de confiança para a empresa, voltando a consumir como anteriormente e se tornando propensos a indicarem para os amigos.

Tudo isso porque suas opiniões foram consultadas em uma pesquisa de satisfação.

4 - Evolução de estratégias

Sem dúvidas, a maior funcionalidade de uma pesquisa de satisfação é a capacidade de indicar se a estratégia da empresa está funcionando ou não.

Quando montamos o plano de negócios, a forma como ele será recebido sempre é uma incógnita. Pode ser que dê certo ou não e só o tempo pode dizer.

Mas a vantagem de utilizar uma pesquisa de satisfação é essa: ela te dá um norte para saber se a sua estratégia está funcionando ou não e, através dela, é possível realizar os ajustes necessários para as engrenagens continuarem rodando.

Como fazer uma boa pesquisa de satisfação do cliente?

Uma pesquisa de satisfação é repleta de vantagens, mas não basta sair perguntando para os clientes o que eles acham.

Compreender os resultados e verificar se essa pesquisa é qualificada o suficiente também são pontos importantes.

O  NPS – Net Promoter Score – é um método de pesquisa que busca interpretar a visão dos seus clientes em relação ao negócio.

Não existe nada de muito complicado em relação ao NPS, ele pode ser realizado apenas questionando ao cliente o nível de satisfação dele. Mas, caso o aplicador queira se aprofundar nos motivos. ele pode adicionar perguntas extras, de acordo com a resposta do consumidor.

A personalização na hora de desenvolver a pesquisa de satisfação também é importante.

Cada segmento de mercado possui um tipo de consumidor, com um tipo de queixa e dor.

Uma pesquisa de satisfação que foi aplicada em consumidores de uma loja de pneus não será eficiente em clientes que consomem produtos de beleza.

Existem diversos modelos de pesquisa de satisfação e, certamente, um deles se adequa perfeitamente ao seu negócio.

E antes que eu me esqueça...

Uma maneira de fazer com que os clientes conheçam seu produto e venham a consumi-lo é realizando testes e oferecendo amostra grátis.

Por mais que não seja uma experiência complexa, ela ainda garante um gostinho do que está por vir.

E por falar em testes grátis, você sabia que o Moskit CRM disponibiliza um para quem deseja conhecer a ferramenta?

Quer saber mais?

Acesse aqui e comece hoje mesmo um teste gratuito no Moskit CRM.