A cultura da sua empresa mudou, e está tudo bem

A cultura da sua empresa mudou, e está tudo bem

Um dos maiores medos da humanidade é a mudança. Se adequar aquilo que não estamos acostumados e sair da zona de conforto pode ser um grande desafio para qualquer pessoa.

Aquilo que é familiar nos dá um certo conforto, mas também pode nos afundar. Principalmente porque vivemos num mundo que está em constante mudança e, se deixarmos de evoluir com o ambiente, ficamos para trás. E isso não é só conversa.

Quantas empresas vemos que se adequam a realidade do mercado, buscando sempre se manterem firmes perante a concorrentes e às atualizações tecnológicas.

Contudo, é ainda mais comum ver empresas que param no tempo e ainda continuam “firmes” no mercado, mas essas por sua vez, vão perdendo espaço para novas estratégias e ideias que substituem as antigas formas de trabalhar. Um exemplo básico e comum no dia-dia nosso, é o pessoal que busca sair do Excel e vem para o CRM, que possui muita diferença em relação às ferramentas comuns que englobam várias funcionalidades. Um CRM possibilita criar estratégias inovadoras para atendimentos e vendas corporativas.

Mas a questão aqui não é tratar de software, mas sim de nós mesmos. Como é difícil ter que mudar aquela abordagem, a forma de trabalhar, o tom de voz e o estilo de atuar perante o mercado.

Quem acompanha a história do Moskit sabe o quanto a cultura da empresa mudou, o quanto nos adequamos às novas tecnologias e criamos estratégias e modelos de apresentação totalmente novos, deixando de lado padrões de serviço que hoje não fazem mais sentido.

Ter uma mente aberta a mudanças é a melhor forma de mudar para melhor

Uma das maiores dificuldades é tomar o primeiro passo. Por mais complicado que possa ser, o mercado exige que isso ocorra o mais rápido possível. Seu gerente não quer que um dos vendedores se comporte de forma totalmente desajustada.

Qual é sua abertura para que isso aconteça? Eu sei que não é fácil tornar o diferente habitual, leva tempo e precisa ser praticado diariamente. Mas estamos sempre fazendo isso, só não percebemos

Aposto que várias vezes esse mês, você pegou sua agenda e refez sua organização, pois precisou adequar horários para que o trabalho fluísse adequadamente. Mudar de rota no caminho pra casa, optar por um restaurante na hora do almoço. São formas básicas e cotidianas de mudança que você realiza sempre e nem por isso sofreu.

Mudanças na nossa rotina são frequentes, no profissional então, é ainda mais frequente. O mercado precisa sempre se adequar às novas tendências.

Abrace a oportunidade e evolua

Tá, mas aí: você muda, refina sua abordagem, seu patrão está satisfeito e só? Claro que não, a cada mudança é uma aprendizagem.

Leonardo da Vinci disse que:

“Aprender é a única coisa que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende”

A cada momento que você aprende algo, uma nova abordagem, isso reflete ativamente no seu dia-dia, não só na empresa que atua, mas em todas as áreas. Se abrir para aprender coisas novas torna você, além de tudo, uma pessoa melhor de se conviver.

Descobrir que existem outras formas de abordar seu cliente, trabalhar e vender com mais eficiência faz parte da nossas vidas. Demorei um pouco para aprender isso. Em toda minha carreira, sempre fui muito quadrado na minha comunicação, sempre buscava tratar com uma formalidade excessiva.

Quando você trabalha por muito tempo no mercado imobiliário, acaba imerso nesse meio de uma forma que até seus “trejeitos” são os padrões desse ambiente, O que é bizarro. Um dos maiores desafios dos vendedores é se ser amigo do cliente, criar nele uma confiança grande e ninguém gosta de pessoas tão formais.

Demorei muito para entender que precisava mudar.

Aposto que você não fica falando todo certinho com seus amigos, seguindo sempre um padrão de tom de voz. Claro que não! Sermos nós mesmos e criar um rapport de qualidade, fazendo com que nosso cliente veja que somos mais do que apenas um simples vendedor é importante.

Então, sem sombra de dúvidas, aprendi demais com essas mudanças que ocorreram no Moskit nos últimos meses.

Se você quiser fazer parte disso e aprender a mudar sua cultura empresarial, com uma inteligência comercial de qualidade clique aqui, nós temos algumas coisas para conversar.