A difícil arte de aproveitar o tempo livre

A difícil arte de aproveitar o tempo livre

Não sou uma pessoa religiosa, mas entendo existem algumas lições que podemos tirar das religiões.

O primeiro capítulo da bíblia começa com um denso poema. Uma série de versos onde o Criador divide o céu, faz os animais e os seres humanos. É um poema bem interessante do ponto de vista literário, mas tem um detalhe comportamental que nos traz certo conforto.

O poema que inicia Gênesis segue com certa fluência durante todos os pontos da criação, mas termina de forma inesperada.

Depois de alguns dias de trabalho intenso, **Deus descansa. **

Um dos traços mais interessantes das religiões ancestrais é reconhecer nossa dificuldades e necessidades mais íntimas. Saber que precisamos de acolhimento, compreensão e, por que não, descanso.

Esforçar-se para demonstrar uma determinação sobrehumana tem sido um comportamento comum para quem acompanha o mercado de trabalho. E ninguém pode questionar os benefícios da dedicação e do trabalho duro, mas a importância do descanso vem sido deixada de lado.

Permita-se descansar

Eu sei que pra quem é acostumado com uma rotina corrida e tem uma agenda lotada, é muito complicado relaxar durante um dia livre. No entanto, olhando um pouco mais além, parar um pouco nos traz energia o suficiente para produzir ainda mais.

Um primeiro passo necessário é observar o descanso como um investimento. Uma situação onde você abre mão de algo – *produtividade do dia, nesse caso *– para ter um retorno maior ainda no futuro.

Para de tratar o descanso como uma pausa opcional. Tente criar percepção de ter dias livres é um compromisso com sua saúde e qualidade de vida. Reconhecer que precisa descansar é essencial para o profissional que tem um dia a dia exaustivo.

O descanso pode ser ativo ou não

Muita gente gosta de aproveitar os dias livres para cuidar de partes da vida que ficam desassistidas ao longo da semana comercial. Cortar o cabelo, cuidar do corpo, fazer ajustes em casa ou levar o carro para lavar.

Principalmente pessoas com personalidades muito ativas, a vontade de fazer algo que tenha um sentimento de produtividade é muito forte. Mas isso não é negativo.

Utilizar o tempo livre para ler, se cuidar, cuidar dos filhos e da rotina da casa também ajuda a desconectar do trabalho e descomprimir.

Mas é lembrando que não precisa existir culpa se o dia livre significar fazer absolutamente nada.

Algumas ideias para recarregar as baterias

  1. Cuide das crianças
    Filhos são uma prioridade que acabamos deixando de priorizar por causa da rotina agitada. Utilizar um pouco desse tempo para dar atenção, acompanhar seu desenvolvimento e participar das atividades que eles acham divertidas é uma excelente forma de aplicar o tempo livre.
  2. **Aproveite o silêncio
    **O escritório é barulhento. A rua, os carros e a vida na cidade é repleta de ruídos. Para quem pode, dedicar o dia para ficar em silêncio, reduzir os ruídos da casa, falar pouco e criar uma atmosfera mais introspectiva pode trazer grande alívio.
  3. **Faça o corpo suar
    **Outra necessidade humana que acaba ficando esquecida é a de utilizar o corpo. Caminhar, correr, praticar esportes e trazer um pouco de atividade para o corpo é uma frequente dica para quebrar o estresse.
  4. **Quebre ações rotineiras
    **Todos temos costumes e rotinas. Tentar evitá-las ao máximo, ou pelo menos deixar para executá-las o mais tarde possível no dia livre dá abertura para outras atividades. Um grande costume de pessoas nos dias de folga é repetir o que fazem nos dias comuns, ocupando grande parte do que poderiam aproveitar.
  5. **Um pequeno projeto paralelo
    **Para os mais agitados, desenvolver um projeto paralelo que incentive conexão com novos conhecimentos e aprender coisas novas é um grande aliado. Principalmente para quem vive numa rotina mais rígida e que não permite aprender coisas novas, desenvolver um pequeno projeto paralelo é uma enorme oportunidade.

Todos sabemos o quanto é difícil deixar as obrigações de lados e cuidar um pouco mais da nossa saúde mental, mas inúmeros estudos apontam que focando no repouso e permitindo que o corpo descanse, os ganhos em produtividade são ainda maiores.

Vale um pouco repensar a rotina e tentar encaixar mais dias livres no seu cotidiano, seu corpo agradece e sua produtividade também.