Apenas seja um bom mentor para sua equipe

Apenas seja um bom mentor para sua equipe

Não é tão difícil ser um chefe clássico, mas ser um mentor para sua equipe é realmente um trabalho árduo, mas necessário no que se refere a gestão de qualidade.

Ser chefe é ocupar um lugar de autonomia, ser capaz de direcionar estratégias, coordenar equipes para um alvo comum, mas também é  ter de lidar com responsabilidades mais diversas sobre cuidar de pessoas.

É por isso que para render mais e para manter a saúde da cultura produtiva da sua equipe, um gestor tem que se acostumar a fazer mentoria com os membros da sua equipe.

O que é e para que serve um mentor?

Eu sei que o termo já está enormemente defasado e desgastado devido ao uso excessivo e a má aplicação em muitas situações de gestão. A terminologia de mentor precisa ser compreendida com a maior totalidade.

Quanto mais você entende que deve orientar os seus funcionários, mas percebe que acompanhar pessoas, as ajuda na tomada de decisão, a ser mais autônomas, eficientes e rápidas. É capacitar pessoas a estarem mais alinhadas às realidades e objetivos. Todo mundo fica mais próximo.

Um mentor não apenas alguém mais experiente que está na sua vida para te dizer o que fazer, mas um bom mentor é uma pessoa que estará guiando outras a maximizar seus potenciais.

É ele quem ajuda você a abrir portas, a se capacitar mais, e te envolve em ciclos importantes, permite você aprender a lidar com situações diversas e a ajuda a você não perder as estribeiras diante dos desafios.

Como ser um bom mentor para minha equipe?

Quando estamos diante de um excelente mentor, logo podemos identificar algumas características mais claras e objetivas no seu comportamento e na sua maneira de pensar processos.

Seja capaz de estar próximo dos processos. Sejam os mínimos e os mais complexos. Obviamente não poderá guiar todos sempre, mas aqueles que identificar que precisam de uma demanda maior de atenção, acompanhe pessoalmente e ajude as pessoas envolvidas a manterem-se motivados e prontos para descobrir o melhor caminho para seguir.

Deixe sempre claro a eles aquilo que é necessário para chegar ao topo e quais são os recursos mais valiosos para a carreira, acostume-se a abrir espaço para que eles possam perguntar livremente e tenha a cultura de oferecer bons conselhos. O jeito mais fácil de ser um mentor é ter um real interesse em ajudar pessoas.

Não se esqueça de investir nas pessoas, inclusive proporcionando a elas uma riqueza de conhecimentos e recursos que, de fato, os ajude a ampliar suas áreas de atuação e suas competências. Forme e incentive sua equipe a ser multidisciplinar.

O que falta para ser um bom gestor?

Ensine pessoas a descobrirem novas oportunidades dentro da empresa. Seja realmente uma pessoa que patrocina as conquistas de pessoas e faz questão de estar presente nas etapas de carreira de pessoas que você julga estarem aproveitando bem as oportunidades que aparecem.

Lembre-se não apoie apenas aquele funcionário que numericamente tem bons resultados, mas aqueles que apresentam uma evolução contínua são os mais importantes.

Faça elogios sinceros diante das realizações e não deixe a “falta de tempo” te impedir de dar feedback construtivo. Não tenha medo de ajudar as pessoas a se tornarem apaixonadas pelo sucesso da marca.

É sim sua responsabilidade fazer sua equipe acreditar na empresa e nas metas que eles estipulam, mas não faça isso de maneira artificial. Apenas jogue o jogo limpo.

Faça uma gestão cuidadosa

Assuma sua cadeira com o senso de que está sendo sempre observado e comparado a outros gestores. Por isso não empurre suas obrigações para outras pessoas e nem tão somente finja que está realizando algo que não está.

E como gestor, também busque aprender novas habilidades que serão necessárias para uma gestão futura. A maioria dos gestores estagna quando ganham seu nome na porta do escritório.

Dê conselhos sem medo, mas principalmente crie uma laço de confiança e amizade ao longo da sua vida profissional. Seja um mentor para sua equipe e eles sempre te apoiarão em tudo.

Ajude pessoas com seus resultados numéricos. Faça uma gestão pautada em dados reais e estratégias que façam sentido e que sejam baseadas na realidade concreta da situação comercial em que a empresa está.

Para te ajudar com isso, experimente gratuitamente o Moskit CRM e aprenda a ser mais estratégico com sua equipe.