Não atingiu as metas de venda? Saiba o que fazer

Não atingiu as metas de venda? Saiba o que fazer

É comum que dentro das empresas, e do setor de vendas, os gestores trabalhem com metas, isto é tarefas específicas que devem ser realizados em um determinado prazo para que se alcance o grande objetivo, mas a verdade é que nem sempre elas são atingidas.

Metas de vendas não atingidas podem significar grandes problemas, uma vez que dependemos dela para agir e desenvolvermos novas estratégias.

Quando as metas não estão sendo atingidas, a probabilidade de que algo não está funcionando como deveria é bem alto, fazendo se necessário uma revisão para identificar o que está dando errado.

Mas não só, além de identificar o problema é muito importante fazer de tudo para que ele não volte a acontecer e que de alguma forma aquela meta seja atingida ou repensada.

Em situações como essas, o importante é agir para que o prejuízo não seja maior ainda e irreversível.

Não sabe o que fazer ou por onde começar? Não se preocupe, temos a solução pra você.

Por que é importante ter metas dentro do setor de vendas?

Em um setor em que as situações mudam de uma hora para outra, e o que funcionava com o cliente ontem, pode não ser mais tão efetivo hoje, é importante ter metas para se manter dentro do planejamento e alcançar os objetivos.

Quando trabalhamos guiados por metas, nosso trabalho se torna mais objetivo, visto que sabemos o que temos que fazer para alcançar determinado resultado.

Mas não só, as metas nos ajudam a fazer o trabalho de maneira correta, já que os parâmetros para que elas sejam alcançadas são bem definidos, evitando que dúvidas ou desvios aconteçam,

Outro ponto importante de se trabalhar com metas é a certeza de que se está se chegando a alguma lugar. Não é incomum vermos setores de vendas super desorganizados que trabalham sem um propósito definido.

Se não existe uma finalidade para as funções que estão sendo executadas dentro de vendas, a probabilidade do crescimento diminuir e dos colaboradores ficarem desmotivados são altíssimas.

Sendo assim, ter metas dentro de vendas é fundamental para que os processos continuem rodando, a equipe se mantenha motivada e os resultados apareçam.

O que fazer quando as metas de vendas não são atingidas?

A primeira ação que deve ser realizada é a identificação do que pode ter contribuído para que a meta não tenha sido alcançada.

Dentre as razões que contribuem para que essa situação ocorra, as mais comuns são:

  • planejamento executado de maneira equivocada;
  • falta de engajamento da equipe;
  • mudança nos processo internos e/ou externos;
  • metas inalcançáveis;
  • estratégias e metodologias erradas para aquela meta;
  • fatores externos, como economia, mudança de mercado etc;
  • má execução.

É muito importante identificar se um desses fatores, ou até mesmo mais de um, contribuíram para que a meta não tenha sido alcançada, pois é a partir desse diagnóstico que se entende o que precisa ser feito para reverter a situação e se preparar melhor para o futuro.

Por exemplo, se o problema que colaborou para que a meta não alcançada for uma meta muito alta, é importante sentar e olhar para o planejamento e os recursos novamente e entender qual a real situação do setor e entender o que pode, de fato, ser feito.

Muitas vezes olhamos para o concorrente e se espelhamos nele, mas não tem uma infraestrutura ou recursos necessários para ter o mesmo tipo de planejamento, sendo assim trabalhar com o que se tem é outro ponto fundamental.

Após identificar o problema, o próximo passo é entender melhor seu consumidor.

Mesmo que muitas vezes o cliente não tenha sido um dos fatores que atrapalhou, é importante conhecê-lo ainda mais para que se entenda se, talvez, os vendedores não estão focando no público errado, o que também pode contribuir para que as metas não sejam atingidas.

Mas não só, o  processo de vendas é outro que precisa ser analisado minuciosamente. Às vezes o que ficou no caminho foi provocado pela falta de gerenciamento do setor de vendas.

Quando a equipe de vendas não está preparada e estruturada da maneira correta, é provável que ela não consiga desempenhar um bom papel e isso acaba refletindo nos resultados e objetivos.

Analise como a equipe está organizada e se existe algo que pode ser melhorado. Muitas vezes tudo o que precisa ser feito é um treinamento para nivelar todos e apresentar novos conceitos que serão úteis para todo o time.

Após tudo isso, é possível parar e repensar em novas metas, ou até mesmo, reaproveitar a mesma meta e executá-la da maneira correta.

O que jamais deve ser feito é ignorar as possíveis causas que podem ter contribuídos para o mau desempenho das suas metas, pois isso só estará dando brecha para que isso vira uma constante e um cenário de perdas e caos se instaure dentro das vendas.

Revise o que deu certo e errado e se prepare para começar novamente, só assim é possível atingir seus objetivos.

Como a tecnologia pode ajudar a monitorar as metas

De nada adianta criar uma meta e não acompanhá-la.

Ter algumas ferramentas que podem te ajudar a monitorar o quão perto, ou longe da sua você está é muito importante, já que com o acompanhamento você pode identificar facilmente se existe algo que pode comprometer o desempenho do time e atrapalhar as metas estabelecidas.

Por exemplo, se a meta estabelecida foi de realizar X vendas em um período de 7 dias, você pode utilizar um CRM, como o Moskit, para analisar quantas vendas estão ocorrendo nesse período.

Sem contar que com um CRM é possível ver o número de clientes localizado em cada parte do funil e gerar métricas de cada um deles, o que podem contribuir para que estratégias sejam criadas com foco no grande objetivo.

Então se você ainda não conhece um bom CRM, ou está em dúvida se essa ferramenta realmente funciona, que tal realizar um teste gratuito no Moskit CRM? Clique aqui e saiba mais.