Qual o momento certo para contratar o seu primeiro vendedor?

Qual o momento certo para contratar o seu primeiro vendedor?

Cada empresa tem uma história de contratações, mas algumas podem ser bem parecidas. A mais clássica é aquela em que um grupo de pessoas – normalmente amigos ou ex-colegas de trabalho – acabam tendo uma ideia inovadora de negócio, desenvolvem  uma proposta de solução que resolve um problema de um mercado e lida com uma dor de consumidores, mas, quando precisam vender isso, não sabem como encarar o lado comercial de vendas.

Algumas empresas podem até desenvolver bons produtos, mas se não souberem exatamente como contratar um time de vendas que saiba lidar com o seu mercado, jamais poderão ter sucesso nessa empreitada. Eles vão precisar de ajuda.

Contratar o primeiro vendedor sempre é uma noção muito nublada. Não existem regras para montar times comerciais. No entanto, é possível rastrear algumas facilidades na hora de montar uma equipe matadora.

Mantenha o processo de vendas claro

Hoje em dia,  com a complexidade de competitividade, não é possível simplesmente contratar por tentativa e erro. Para que haja realmente um resultado esperado, você precisa estar maduro com o seu processo de vendas e mesmo que esteja no início de uma operação comercial sempre será necessário ter clareza no perfil  adequado de pessoas para a função.

Ouvimos muitos empreendedores contando que cometeram grandes erros na hora de contratar vendedores porque não havia planejamento mínimo de como esse time ia rodar no dia-dia. Entender o momento ideal é fundamental para traçar o futuro do seu time.

Antes de contratar, tenha ciência do que está vendendo

Para que garanta sucesso nas vendas, mais do que conhecer o processo comercial, e garantir que ele esteja validado, é primordial conhecer bem o seu produto. Não adianta escolher os melhores vendedores se não tem uma ideia clara sobre seus serviços e produtos.

O que costuma acontecer muito é que, na emergência de verem seus negócios decolarem, empresas esquecem de validar  seus produtos corretamente e dar treinamento, e como consequência, acabam jogando vendedores na operação na esperança de que eles se virem para “organizar a casa”. É preciso que se tenha claro o que vende antes de qualquer contratação nova.

Tenha foco no vendedor, mas na produção e no CS também

É totalmente comum que antes de contratar profissionais de vendas, seu negócio esteja preparado para aumentar também a sua capacidade de produzir o que vende. Não faz sentido investir em obter mais vendas sem que haja condição ideal de entrega em maior volume.

Depois disso, vale a pena também investir em Sucesso do cliente. As vendas precisam ser acompanhadas para ter bons resultados. Hoje, é impossível não pensar em como o cliente terá o sucesso com o  seu serviço ou produto. Pense nas vendas, produza mais, mas treine seu suporte em vendas. Sempre.

Hora de pensar no orçamento

Em vez de procurar apenas experiência, procure por possíveis novos talentos em vendas. Vamos pensar no futebol. Não adianta um time pequeno contratar uma grande estrela se ele não vai ter suporte ou orçamento suficiente para dar condições de jogo para esse jogador.

Uma das primeiras coisas que você vai precisar planejar-se é com o tanto que deve gastar para a contratação desses profissionais e como remunerá-los de maneira que os mantenham ativos e empolgados.

Saia da mentalidade atrasada. Não adianta investir muito em alguém que seja apenas um nome no mercado, mas que não entendo do seu ramo, assim como não adianta preocupar-se só em gastar pouco porque logo terá em mãos um time desmotivados e sem comprometimento.

Sem dúvida, melhor momento para contratar um vendedor é, aquele que você já organizou seus produtos e serviços, que conseguiu entender um pouco do seu mercado e que pode dar a seu time uma condição apropriada para mantê-los motivados e querendo ser parte da empresa.