Conhecer o Ticket Médio de sua empresa te ajuda a vender mais

Conhecer o Ticket Médio de sua empresa te ajuda a vender mais

Aumentar o número de vendas é o maior desejo de todo empreendedor e o ticket médio pode te ajudar com isso.

Quanto mais vendas uma empresa realiza, maiores são suas chances de crescer e se estabelecer no mercado.

Atualmente, técnicas para aumentar as vendas e alcançar a estabilidade financeira são alguns dos temas mais discutidos por empresários, mas, mesmo que vários desses métodos sejam extremamente eficazes, eles não funcionam sem alguns dados importantes.

Conhecer a empresa e estudar suas estatísticas é o caminho mais seguro para se atingir o próximo patamar em seu planejamento.

O comportamento do consumidor em relação aos produtos e o quanto ele está disposto a investir informa a empresa sobre como ela está sendo vista e vai além: apresenta a satisfação do cliente.

Uma forma de se extrair essa informação é utilizando o Ticket Médio. Ele é um indicador de desempenho capaz de calcular o valor gasto por cada cliente em determinado período de tempo.

Para se chegar nessa média é preciso dividir o valor total gasto em determinado período de dias pelo número de clientes nesse período.

Isso significa que quanto maior for o valor do ticket médio de cada cliente, maior o número de gasto dele dentro da empresa e, consequentemente, maior o número de vendas.

Entretanto, a maior dificuldade de muitos empresários é como aumentar esse valor.

Como aumentar o ticket médio com medidas simples

Um dos maiores erros ao planejar uma estratégia para aumentar o numero vendas é focar somente no número de clientes.

Embora sejam os personagens principais de uma venda, o aumento do número de clientes nem sempre significa um lucro maior. Isto é, em alguns casos, mesmo com o aumento de volume de consumidores, um maior investimento precisa ser feito e o lucro se torna uma forma de manter a empresa.

Para melhorar o valor de vendas é preciso aumentar a quantidade de compras realizadas.

Sendo assim, o ideal é que, ao aumentar o número de clientes, a quantidade que eles compram individualmente também seja elevada.

Supondo que se está trabalhando com o número de clientes atual de uma empresa, algumas mudanças podem ser aplicadas:

• Variação de produtos

Novidades são atrativos que conseguem captar a atenção do cliente.

Se manter em uma zona segura fazendo “mais do mesmo” tem suas vantagens, mas uma hora até o mais fiel dos clientes se cansa e abandona o barco.

Apresentar novidades ou se mostrar aberto para mudanças demonstra ao cliente que a empresa está ligada nas suas necessidades, disposta a melhor atendê-lo.

Algumas dicas que vão te ajudar na hora de tomar a sua decisão:

  • Realizar pesquisas periódicas com clientes em relação aos produtos;
  • Estudar o nicho de mercado e os concorrentes;
  • Medir opiniões de consumidores em testes de mercado.

• Estimular Vendas

Na esfera privada as mudanças também devem ocorrer, ou então corre-se o risco de tudo ficar estagnado.

Embora o estímulo precise chegar no consumidor, dois aspectos devem ser considerados: atendimento ao cliente e promoções que a loja realiza.

○ Atendimento ao consumidor: o vendedor que tem o intuito de aumentar o número de vendas - não só dele, mas da empresa no geral - tem que estar disposto a passar por mudanças.

A empresa que está determinada a estimular o número de vendas precisa capacitar seus colaboradores, isto é, realizar treinamentos e cursos para que eles estejam dentro das normas internas.

Os treinamentos são capazes de desenvolver a qualidade do atendimento prestado e o melhor é que não precisam ser esporádicos, pois mudanças e melhorias podem ser feitas a qualquer momento.

○ Promoções: talvez a forma mais popular de estimular vendas, já que trabalha diretamente no bolso do cliente.

O consumidor é influenciado pelo tempo e dinheiro.

Quando se fala que algo está em promoção por um determinado período de tempo ou até que os estoques acabem, ele sente a necessidade de adquirir aquilo antes que perca a sua oportunidade.

Esses pequenos ajustes são chamados de gatilhos mentais e ajudam muito na hora de traçar uma estratégia de promoção.

Ao aliar um bom atendimento ao esforço em atrair o cliente, o estímulo de vendas se mostra uma ótima estratégia para aumentar as vendas.

Como calcular o ticket médio de forma rápida e prática  

Como já exposto, o ticket médio é uma ótima ferramenta para entender o comportamento do seu consumidor, sendo que, com base nele, é possível traçar estratégias e aumentar o número de vendas.

Mas não basta conhecer como ele funciona, é preciso saber executar o cálculo:

1 - Reúna os dados recentes referente às suas vendas

Antes de investigar os dados de vendas é importante que um padrão seja criado. Por exemplo: informações dos últimos 15 dias.

Esse padrão é importante para que análises futuras possam ser cruzadas e resultados apontados.

2 - Separe os dados

Uma venda pode render diversos dados, mas, para realizar o cálculo do ticket médio, somente o número de clientes e o valor total gasto serão necessários.

Então, isolar esses dois indicadores é extremamente importante para agilizar o processo.

3 - Cálculo do ticket médio

Não existe muito segredo na hora de realizar o cálculo, já que o resultado é alcançado ao dividir o valor pelo número de clientes.

TM = VT / V

Por exemplo: uma empresa que gerou o valor total de R$3.569,00 com 89 clientes nos últimos 15 dias pode calcular seu ticket médio da seguinte forma:

TM = 3569/89

Seguindo o cálculo será possível identificar que essa essa empresa teve um TM = 40,10 nos últimos 15 dias.

Fique sempre atento ao cálculo e à forma que ele está sendo feito.

O ticket médio é uma arma muito útil no planejamento de vendas, então, tirar um tempinho e realizar esse procedimento pode mudar o cenário da sua empresa.

Gerando os dados necessários para realizar o cálculo

Alguns empreendedores ainda são relutantes e acreditam não precisar de dados para impulsionar suas vendas.

Mas as coisas não são bem assim, os dados gerados durante o processo de vendas são jóias preciosas quando estão nas mãos certas.

Uma boa maneira de começar a gerar dados sem gastar tempo é utilizando uma ferramenta capaz de armazenar e cruzar informações de uma negociação.

O Moskit CRM não deixa nada a desejar nesse quesito, pois é uma plataforma de fácil acesso e didática acessível, satisfazendo todos os seus usuários.

Comece hoje mesmo seu teste gratuito no Moskit CRM!