Como validar sua ideia de negócio?

Como validar sua ideia de negócio?

Uma boa ideia não tem hora para aparecer. Às vezes você levanta da mesa com um problema na cabeça, sai pra pegar um café e, quando vê, está pensando em algo que pode ser um novo negócio.

Todo negócio começa com o vislumbre de uma oportunidade. No geral, existe um problema ou alguma dificuldade que muita gente passa, mas que ninguém ainda conseguiu resolver.

Quando uma nova ideia surge, logo vem a pergunta crucial: quem iria pagar por isso?

De fato, grande parte dos negócios chegam não dão certo por não conseguirem encontrar um público disposto a pagar pelo que oferecem. Por mais assustador que possa parecer, o mais comum são empresas criando produtos que ninguém quer comprar.

No texto sobre Lean Startup expliquei qual o princípio da validação de negócios e a importância de, antes de construir algo, validar se existe mercado.

Hoje trago algumas técnicas simples para tirar seu negócio do escuro e testar sua ideia no mundo real.

Faça um teste de fumaça

Quando falamos de startup e validação de ideias, o teste de fumaça é a criação de uma página que apresenta todos os detalhes sobre um produto, exatamente como um produto real, mas sem nenhum desenvolvimento de fundo ou funcionalidade real.

É importante também, para o teste de fumaça, que a página de preços e compra estejam detalhadas e bem aparentes. Todos os detalhes de planos e forma de pagamento devem estar descritos e visível.

O foco de um teste de fumaça é entender se, diante da proposta apresentada, com todas as possíveis funcionalidades e soluções, alguém demonstra o interesse de compra.

O teste de fumaça é para testar quantas pessoas efetivamente chegam ao processo de compra –  onde descobrem que o produto ainda está em desenvolvimento – e deixam seu nome e cadastro para quando a solução estiver disponível.

Uma forma barata e eficiente de criar belíssimas páginas prontas para este tipo de teste é utilizando temas da Themeforest ou da Pixelarity.

Landing page com formulário de espera

Uma outra forma de testar o quanto seu produto é interessante para o público são landing pages simples. Páginas estáticas apenas explicando o propósito do produto e suas intenções de desenvolvimento.

A página deve conter um formulário de inscrição coletando os dados necessários para que seja criado uma base de leads, que no futuro poderá ser explorada para captar os primeiros clientes.

Algumas ferramentas que podem te ajudar a subir uma landing page com formulário para medir o interesse do seu produto são:

Essa é uma maneira mais fácil de colocar sua ideia na rua rapidamente e descobrir se vale a pena investir esforço e recurso no desenvolvimento de um produto mínimo viável e seguir com a validação.

Caso ninguém se inscreva, você sabe que sua ideia talvez precise de alguns ajustes.

Feedback sob demanda

Essa é uma técnica para quando você já construiu sua base de interessados e quer ter certeza que os ajustes que está realizando no modelo são positivos.

Neste caso, você já executou um teste de fumaça ou criou uma landing page de inscrição e vai usar apenas os contatos que entraram como audiência para ajustes no seu futuro negócio.

A parte complicada deste processo é que, as pessoas que ainda não conhecem seu produto não querem responder questionários online. Por isso é interessante utilizar um dos métodos anteriores e só depois, com a audiência filtrada, executar um questionário mais detalhado.

Questionários também não são divertidos de responder, então pode ser positivo que neste ponto você ofereça uma premiação por sorteio para quem responder ao questionário. Pode ser uma quantia em dinheiro, bitcoins ou algum aparelho eletrônico que seja mais popular. Para os questionários, o Surveymonkey é uma das melhores ferramentas do mercado.

A ideia é não gastar muito dinheiro, então o sorteio depende de quanto você está disposto a investir neste ponto.

Como conseguir tráfego para minhas páginas?

A parte mais complicada de validar uma ideia é conseguir um número considerável de visitantes em sua página, o suficiente para representar uma boa amostragem e apontando se vale a pena continuar investindo na sua ideia.

Um erro comum é acreditar que postando apenas nas redes sociais pessoais o resultado é significativo. Pessoas do nosso círculo tendem a gostar do que sugerimos porque nos conhecem, mas não necessariamente pagariam pelo que estamos produzindo.

O ideal é procurar grupos de pessoas que pertençam ao nicho que pretende explorar, engajar com os membros e pedir que opinem sobre a ideia proposta. Se existir algum recurso para investir, é interessante também utilizar publicidade paga, principalmente quando falamos do teste de fumaça.

Para quem atua na área de tecnologia, fóruns também são locais excelente para conseguir opiniões, e o engajamento costuma ser maior do que em grupos do Facebook ou LinkedIn.

Outra forma de conseguir atenção para uma ideia é utilizando influenciadores, pessoas que são referência no mercado que pretende atuar. Neste caso, converse com influenciadores de forma aberta, explicando suas intenções e pedindo ajuda para validar sua ideia, utilizando a audiência que possui.

Caso sua ideia realmente tenha algum potencial, o influenciador terá prazer de apresentar a possibilidade para outras pessoas que também possuem interesse no mesmo assunto.

É importante lembrar que estas formas de validação funcionam apenas como um termômetro inicial, testando o nível de interesse público para decidir se esforços maiores valem a pena. O processo seguinte é coletar todos os feedbacks existentes e desenvolver um produto mínimo viável, dessa vez utilizável e pronto para receber usuários.

Se você não está ainda não está por dentro de como funciona a metodologia lean para startups, dê uma olhada neste artigo completo.