Relatório pode ser um caminho direto para o inferno

Relatório pode ser um caminho direto para o inferno

Todas mudanças e esforços que uma equipe de vendas desempenha podem ser administradas por relatórios.

Claro que a maioria dos relatórios vão revelar somente números, por isso o gestor deve estar sempre antenado nas novidades e abordagens que insere dentro do processo.

Sendo o grande responsável por gerir os relatórios, o gestor, consegue ter uma noção de a quantas anda seu time.

Mas não é tão fácil assim, já que os relatórios muitas vezes podem ser uma série de números espalhados. Se fazendo necessário uma lógica para que essas informações se centralizem, sendo só então possível realizar a extração de dados.

As informações extraídas são capazes de direcionar o andamento do time, ou seja, verificar se a abordagem está adequada e se mudanças precisam ser feitas.

Um novo direcionamento não se resume somente a abordagem, a equipe, valor do produto e estoque também são possíveis de serem avaliados.

Quando se pensa em relatórios é possível que a área comercial seja a primeira a surgir na sua cabeça, no entanto todas as áreas dentro de uma equipe podem realizar o procedimento.

Mas é claro com algumas diferenças.

O setor de Marketing, por exemplo, pode gerar relatórios e a partir deles avaliar o engajamento do público com as ações.

Esses dados podem ser cruzados com o número de vendas no período das ações, sendo possível gerar um número aproximado de vendas causada por estratégias do marketing.

Mas esses dados provavelmente não serão os mesmos gerados pelo setor de vendas.

Cada área deve utilizar sua própria forma de relatório, já que para cada área um aspecto é levado em consideração. Isso não impede que todos esses dados sejam cruzados a fim de chegar em um único resultado.

Só que independente da área que o relatório for executado, é preciso ter algumas noções básicas.

Os números sempre vão dizer algo, sendo assim ser parcial e realizar um relatório para provar um ponto pode influenciar no resultado. O ideal é que quando for realizar esse tipo de procedimento todos os aspectos sejam levados em consideração.

Relatório são pontos que devem ser analisados, não o que você quer analisar.

Agora pare e pense: Sua empresa está seguindo o que é necessário para gerar dados utilizáveis?

Independente da sua resposta, queria te fazer um convite a assistir o mais novo episódio do Toca o Sino das Vendas. No episódio desta semana conversamos um pouco sobre o tema relatórios e muitos pontos interessantes foram levantados.

Vale a pena conferir.

E se você curte esse tipo de conteúdo, não se esqueça de se inscrever em nosso canal do Youtube para receber sempre nossas atualizações.

Para gerar bons relatórios, é preciso de uma boa estrutura

Como você viu os relatórios são extremamente importantes para guiar um time, mas só eles não conseguem garantir excelência.

Antes de gerar dados é preciso de uma ferramenta capaz de armazenar eles em um processo que tenha facilidade.

Quanto maior a frequência de armazenagem desses dados, maiores as chances de um padrão ser criado e a qualidade dos relatórios ser elevada.

O Moskit CRM é uma ferramenta capaz de fazer isto e muito mais!

Com um plataforma didática e de fácil acesso, o nosso CRM não decepciona e traz qualidade para o seu processo de vendas.

Comece hoje mesmo seu teste gratuito no Moskit CRM.