<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=230488125300927&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Como vender pelo Instagram – dicas valiosas para bombar!

Talita Bernardes

por Talita Bernardes

As redes sociais podem ser consideradas um dos principais meios para adquirir novas vendas e leads.

Não faz muito tempo que abordamos o WhatsApp como uma promissora fonte de oportunidades. Para quem trabalha com vendas, independente de qualquer coisa, o WhatsApp se tornou uma ferramenta para ser adotada e explorada pelos vendedores.

Mas outra ferramenta moderna está assumindo uma posição vantajosa para quem trabalha com vendas: o Instagram.

Por ser uma ferramenta muito visual, vender no Instagram traz diversas vantagens em relação aos outros canais de vendas, já que a capacidade de usar imagens e vídeos é facilitada e pode despertar emoções e impulsos.

Por mais que exista uma grande liberdade de uso, é preciso usar o seu Instagram com certo cuidado.

Para usar o Instagram como uma ferramenta de vendas, caso você venda produtos, é preciso organizar as imagens como se fosse um portfólio, um mostruário de produtos e descrições que as pessoas interessadas podem entrar em contato para adquirir.

Mas só isso não é suficiente. 

As fotos da timeline, antes de representar o produto, devem representar a sensação de usar o produto. Uma foto isolada de um tênis numa vitrine pode apresentar um bom produto, mas uma foto de alguém correndo com o calçado transfere a emoção de realização.

Para te ajudar a entender todas essas características, preparamos um post sobre como vender pelo Instagram.

Nova call to action

O que é e como funciona o Instagram? 

Apesar de ser mundialmente conhecido, para fins didáticos, é importante repassar algumas informações acerca do Instagram.

Criado por Kevin Systrom e Mike Krieger, o Instagram foi lançado para o público no dia 10 de outubro de 2010. Inicialmente sua principal função era unicamente compartilhamento de fotos instantâneas.

Com o passar dos anos, e aumento da popularidade devido à expansão para dispositivos Android – já que por algum tempo ele era restrito apenas para o iOS – o Instagram agregou mais funcionalidades como vídeos, stories e vídeos ao vivo.

Essas expansões abriram brechas para empresas utilizarem o Instagram como vitrine. Vale ressaltar que o aumento do consumo de redes sociais também foi um fator que influenciou essa migração para o Instagram.

Atualmente, é possível expor produtos/serviços na plataforma, com funcionalidades específicas para lojas e/ou empresas.

O sucesso desta plataforma pode ser compreendida pelos usuários que compartilham de tudo, desde imagens até vídeos, mas principalmente por expressarem suas opiniões. 

Quanto maior a sua reputação no Instagram, maior a propensão de que novos usuários encontrem a sua conta e seu conteúdo.  

Existe também a possibilidade de investir em postagens e na sua conta para que eles facilmente acessem sua página e encontrem o que procuram, já que conhecem o formato e conhecem sua marca.

Por que investir no Instagram?

Como antecipamos, o Instagram está entre as 5 redes sociais mais populares do Brasil e do mundo, contando com mais de um bilhão de usuários.

Somente esse número já pode ser considerado um excelente motivo do porquê o Instagram pode ser uma ótima porta de entrada para novas vendas.

Dentro de uma plataforma tão rica é vantajoso criar estratégias para atrair esse público que está se utilizando dela por livre e espontânea vontade.

Outro ponto importante sobre o Instagram é que, por ser uma rede social, você consegue expor fotos e vídeos que demonstram mais sobre o que é o seu produto/serviço.

Essa exposição pode atrair organicamente novos clientes, o que é extremamente benéfico para a empresa.

Sem contar que através do Instagram também é possível desenvolver pequenos textos para acompanhar a postagem, ajudando na criação de valor

Outra vantagem são os influencers, profissionais que trabalham com a internet, mais especificamente com redes sociais. Os usuários do Instagram procuram pessoas, estilos de vida e produtos para se inspirar e aplicar à sua realidade, e por isso seguem influenciadores, formadores de opinião, pessoas famosas, mas acima de tudo empresas e marcas.

Quando falamos sobre inspiração, falamos sobre desejos. Os usuários ocultam necessidades que os fazem desejar itens ou experiências que não possuem, usando o Instagram como uma espécie de “prévia” de como será sua vida após a compra de determinado item ou experiência.

Mas, afinal, por que o Instagram é um bom investimento para as empresas? Separamos alguns pontos que podem te ajudar a entender melhor.

Popularidade da plataforma

Atualmente 47% dos brasileiros possuem um perfil no Instagram, ou seja, aproximadamente 99 milhões de pessoas, o que é um número muito alto e relevante, tanto que o Brasil está posicionado em terceiro lugar no ranking de países que mais usam essa plataforma.

Dependendo do tipo de produto/serviço que você trabalha, esses números podem se multiplicar, já que o alcance mundial dela também é gigante, sendo utilizado por mais de 1 bilhão de usuários. 

Recursos do Instagram

O Instagram é uma ferramenta muito visual, ou seja, todas as suas funcionalidades buscam atiçar os sentidos da visão, chamando a atenção.

Do feed, passando pelo stories, até os reels, são vários os elementos que podem ser utilizados para impulsionar seus produtos e serviços e assim alcançar um público ainda maior. 

O stories, por exemplo, é um dos recursos mais utilizados, conhecidos e copiados por outras redes. É estimado até que cerca de 500 milhões de pessoas postam diariamente stories, ou seja, metade dos usuários já registrados. 

Engajamento com os clientes 

Os recursos citados no tópico anterior são, provavelmente, os maiores responsáveis por boa parte do engajamento das empresas nessa rede.

Publicar conteúdos relevantes e visualmente atraentes ajudam a aumentar o engajamento e estender o alcance de público, chegando em pessoas que até então não conheciam sua empresa.

9 dicas para vender mais com o Instagram

Embora possa parecer complicado à primeira vista, após entender os mecanismos por trás deste sistema, você só precisa analisar qual recurso de ferramentas melhor se adapta à realidade de seu negócio e seus objetivos e usá-los para gerar e cultivar leads e aumentar o tráfego.

O que pode parecer um obstáculo agora, pode ser uma oportunidade se observado mais de perto. Você só precisa entender como agarrá-la e explorá-la.

Não é possível fazer compras no Instagram, mas é possível fornecer informações sobre a oferta das empresas presentes na plataforma, por uma função de compras.

Separamos algumas dicas que podem te ajudar a entender como vender mais no Instagram. 

1. Crie um perfil comercial e faça uma boa bio

Para começar a vender pelo Instagram o primeiro passo é criar uma conta comercial, caso você já possua uma, é necessário fazer os ajustes.

A principal diferença entre uma conta pessoal e uma comercial são as funcionalidades que a plataforma oferece para a utilização. Enquanto um perfil pessoal é limitado apenas às funções básicas, o comercial consegue comercializar, fazer ads e acompanhar índices de engajamento. 

A formatação, isto é, composição de um perfil comercial também deve ser diferenciado, levando mais informações para os usuários, como o nome da empresa, uma boa foto de perfil e links úteis.

Separamos um exemplo para vocês:

exemplo perfil instagram

Percebem como a bio é objetiva, a foto do perfil ajuda na identificação e os links fixados são intuitivos? Um bom perfil comercial, deve ser objetivo, entregar as informações corretas e se mostrar acessível para o usuário.

Que tal um exemplo do que NÃO fazer? 

exemplo perfil instagram

Quando o seu perfil não utiliza a logo da empresa, ou uma foto relevante, passa informações rasas e se mostra até mesmo desorganizado, a credibilidade é perdida e o que poderia se tornar um canal para vendas, é algo para repelir e sujar a imagem da empresa. 

Para te ajudar a criar um perfil comercial de qualidade, separamos algumas dicas:

🔵 Use uma boa foto de perfil, de preferência com uma logo ou algo que gere identificação;
🔵 Escolha um nome de usuário buscável;
🔵 Preencha o nome da empresa corretamente, isso ajuda na busca no aplicativo;
🔵 Crie uma bio com informações reais, objetivas que expresse a ideia central;
🔵 Utilize links úteis;
🔵 Caso necessário, crie fixados com as principais dúvidas dos clientes e informações relevantes. 

2. Publique fotos e vídeos de qualidade ressaltando o produto/serviço

Não é apenas a foto do perfil, a bio, e os fixados que devem apresentar qualidade. 

Quando o cliente entra no seu perfil ele avalia por completo, portanto, as fotos e vídeos publicados também devem conter qualidade e ressaltar a relevância do seu produto/serviço.

Essa tarefa é, usualmente, mais fácil para produtos, já que, uma foto nítida, que mostre bem o produto e tenha pontos atrativos, tende a ser mais fácil de gerar essa identificação.

Trouxemos um exemplo de um produto:

exemplo post de vendas

 (Imagem Reprodução Internet / Instagram Coca Cola Brasil) 

Viu como a identificação é clara? Você consegue assimilar o que está sendo ofertado, a legenda é um suporte que reforça o nome do produto e passa a mensagem principal.

Mas como fazer isso com um serviço? 

O ideal é que as imagens e o apoio textual atraia a atenção do leitor, para ter essa assimilação. 

Olha só esse exemplo:

exemplo post de instagram

Percebe como o curso online é exposto de maneira com que existe as informações presentes sobre o que ele é, como funciona e a maneira para adquirir ele? 

Esse é o ideal, manter a qualidade e clareza das imagens e utilizar um bom apoio textual, que reforça a ideia.

O que não acontece nesse exemplo a seguir:

Captura de Tela (110)

Não existe conexão entre a imagem e o apoio textual, a falta de informação e a utilização indevida de hashtags, levará esse conteúdo para um público muito amplo, que além de não entenderem qual o propósito central.

Você pode estar se perguntando como criar publicações relevantes? Estas são as nossas dicas para você:

🔵 Utilize imagens e gráficos de alta qualidade;
🔵 Caso utilize fotografias e vídeos, opte por aqueles com nitidez e qualidade;
🔵 Faça bons apoios textuais, tanto para inserir nas artes, mas também na legenda;
🔵 Coloque hashtags relevantes;
🔵 Passe informações corretas e intuitivas. 

3. Planeje suas publicações

Acha que é só postar o que quiser, quando achar melhor? Errado!

Embora não existam métodos totalmente comprovados de que postar um vídeo no dia X é melhor, ter um planejamento de publicações te ajuda a desenvolver melhor os tópicos que serão tratados durante a semana, mês ou ano no seu perfil.

Algo que nem sempre falam, mas que é de extrema importância para você que quer vender no Instagram, é que além de postar sobre os seus produtos e serviços, o usuário também quer consumir conteúdos a respeito disso, para se informar e decidir.

 Portanto, é interessante criar publicações que vão além de ‘Compre isso’ ‘Ultima chance’ e entreguem entretenimento.

Um planejamento de publicações te ajuda com isso.

Não sabe por onde começar? Veja esse exemplo de calendário de postagens que fizemos para vocês:

4. Utilize os stories para se aproximar do seu público 

Os stories do Instagram podem ser utilizados  para imagens e vídeos, mas existe uma forma bem eficiente de transformar seus seguidores em novos clientes.

A forma mais eficiente para isso é fazendo vídeos que apresentem produtos, que falem mais sobre a necessidade que você está tentando solucionar ou até mesmo, em caso de um negócio que trabalhe com vários produtos, fazer vídeos explicando diferenças e contrapontos

O importante é lembrar que quando alguém acessa o Instagram, e isso serve para nós mesmos, nosso objetivo é nos entreter e buscar algum tipo de diversão. Mesmo que o seu objetivo seja vender, é importante que faça isso entregando algum tipo de diversão para quem acessa seu conteúdo, caso contrário não existirão incentivos para continuar acompanhando o que você está anunciando.

Algumas dicas para melhorar seus stories e vender mais:

🔵 Use a funcionalidade de links;
🔵 Tente engajar seu público com enquetes, quiz e caixas de perguntas;
🔵 Produza conteúdos orgânicos e espontâneos;
🔵 Tenha uma comunicação mais casual e direta. 

5. Promova interações

Agora que o Instagram virou uma ferramenta de vendas, é importante saber que os clientes interessados vão fazer perguntas nas postagens e enviar mensagens privadas com interesse no produto.

Neste ponto, o timing para responder e apresentar sugestões e encaminhar o cliente para a jornada de compra é crucial. Por isso, é importante ter sempre alguém de olho e ativamente respondendo aos pedidos e dúvidas.

Neste ponto, a entrada dos usuários deve caminhar para o fluxo normal. No caso de venda direta, pode ser encaminhado para o site ou para a plataforma de pagamento, no caso de produtos mais complexos, um consultor de vendas pode assumir o contato através do telefone e dar continuidade.

O importante é tratar essas interações como uma oportunidade.

6. Promova parcerias 

Parcerias no Instagram podem acontecer de algumas formas.

A mais conhecida, provavelmente, são as parcerias pagas, em que uma empresa investe uma quantia para seu conteúdo ser reproduzido por digitais influencers da área e esses conteúdos aparecem no feed ou stories dos seguidores daquele influenciador e do público selecionado. 

Entretanto, essa não é mais a única maneira de fazer parcerias.

O Instagram lançou a pouco mais de um ano, uma funcionalidade em que é possível duas contas compartilharem a mesma publicação, atingindo seguidores dos dois perfis e melhorando a performance.

Essa é uma excelente funcionalidade para empresas que trabalham em parcerias e precisavam divulgar campanhas de vendas, e semelhantes.  

7. Crie anúncios segmentados pelo Instagram Ads

Os anúncios são outra maneira de atrair um público maior para seu Instagram e vender.

Com as configurações certas e a segmentação adequada para cada anúncio, você consegue atrair clientes de topo, meio e fundo do funil de vendas.

Essa segmentação é muito importante, pois você não precisa se prender em criar anúncios apenas para atrair novos seguidores, por exemplo, enquanto essa está rolando, uma campanha para gerar vendas em um produto ou serviço. 

A criação de vários anúncios podem atrair mais vendas e potencializar esse canal. 

8. Use hashtags a seu favor 

As hashtags são consideradas marcadores de conteúdos, ou seja, sinalizam para os usuários da plataforma sobre o que o assunto se trata.

Essa utilidade, contribui para que o conteúdo atinja mais pessoas, até mesmo não-seguidores, aumentando o seu alcance e melhorando as chances de obter resultados. 

Se você tem dificuldades em criar as hashtags, separamos algumas dicas para te ajudar na hora de elaborar e atingir um público ainda maior:

🔵 Use as palavras-chave da legenda;
🔵 Procure sites que geram hashtags com base em temas;
🔵 Se espelhe nos concorrentes;
🔵 Crie hashtags criativas. 

9. Crie promoções exclusivas para esse canal e mensure os resultados 

O Instagram é um poderoso canal de vendas, por isso, às vezes, vale a pena criar algumas promoções exclusivas para ele, já que o público que o segue, espera por isso.

Não precisa ser nada radical, até porque, toda promoção ou desconto, deve ser bem pensado para trazer lucros para a empresa. Mas, algo que ajude a atrair mais pessoas e ser o fator motivante que faltava para fecharem negócio. 

Essa promoção pode ser um link que direciona para o seu site, um cupom de desconto exclusivo ou a venda direta pelo canal do Instagram. 

Como funcionam as vendas pelas redes sociais?

Para se manter competitivo, você não pode ter medo de competir no mesmo ringue que seus oponentes, porque com a preparação certa você também pode enfrentar concorrentes que parecem mais fortes do que você. 

O Instagram é um canal super acessível tanto para você, quanto para o seu concorrente. 

Na verdade, a principal vantagem de plataformas como o Instagram é que, independentemente do porte da empresa, todas as empresas têm as mesmas ferramentas à sua disposição para atingirem seus objetivos.

Veja também: 

Sendo assim é importante conhecer todas as maneiras de vender no Instagram, para que assim se possa inovar nas estratégias e sair na frente nesse cenário altamente competitivo. 

Abaixo, listamos algumas possibilidades que você deve ter em mente:

Vendas por loja

Uma das ferramentas mais populares do Instagram é a loja.

Antes os usuários não conseguiam expor propriamente seus produtos/serviços, já que faltavam opções pensadas para essas ações, embora elas fossem realizadas, como veremos nos tópicos a seguir.

Embora ainda não exista a possibilidade de realizar as transações dentro do Instagram, a opção loja já trabalha como uma vitrine direcionando os consumidores para seu e-commerce

Essa opção é interessante, pois possibilita, por exemplo, que ao postar foto de algum produto e/ou serviço, você consiga marcar e evidenciar a descrição, preço e link para a compra. 

Isso automatiza algumas tarefas de venda no Instagram, uma vez que o consumidor ganha mais independência para realizar essas ações básicas sem a ajuda do vendedor pelo Instagram

Vendas por Direct Message

Direct message, ou mensagens diretas, é o nome da ferramenta de mensagens privadas do Instagram.

Nem sempre o cliente está pronto para clicar no botão da loja e realizar a compra, ele precisa de algumas informações extras para entender o valor da solução.

As DM's, como também são conhecidas, podem desempenhar outras funções além da venda, já que podem ser canais de:

Nem sempre todo o processo até o fechamento deve acontecer pelas mensagens diretas, na verdade é até recomendado que ocorra o redirecionamento para outros canais, fazendo com que essa se torne uma excelente porta de entrada para novos clientes. 

Vendas por link direto 

O link direto pode ser utilizado de duas maneiras no Instagram: na loja e nos stories. 

Essa estratégia de vendas dentro do Instagram funciona bem para produtos/serviços com o ciclo de vendas rápido ou para relembrar clientes que ainda existe uma dor e que eles precisam solucioná-la.

O link direto pode estar na loja, como já explicamos anteriormente, ou nos stories sinalizando para que o consumidor arraste para cima e tenha acesso ao link de um produto/serviço ou de um conteúdo que possa ser interessante para despertar o desejo no cliente.

Essa estratégia é muito versátil, e pode ser explorada através de diversas maneiras nos stories.

Importante reforçar que o Instagram nem sempre precisa desempenhar o papel de canal central do processo, ele pode ser apenas o canal que inicia a negociação, ou que gera leads para as pré-vendas. 

Vendas por influencers 

 Os influenciadores, profissionais que trabalham com internet, são outro canal importantíssimo de vendas.

Por ter um estilo de vida que atrai os usuários, os influenciadores são seguidos por diversas pessoas, com características distintas, mas, quase sempre, com um ou mais interesses em comum.

Investir em influenciadores pode trazer uma nova leva de consumidores para a sua base, o que pode ser extremamente vantajoso.

Através da divulgação dos influenciadores, você pode alcançar novos nichos também, que a princípio você nem pensava ser possível.

Outro ponto positivo, é que o papel do influenciador é criar valor para o cliente, ele receberá algumas informações super importantes para poder ou se interessar e pesquisar, ou partir direto para a compra. 

Precisa ter site para ter loja no Instagram?

Uma das funcionalidades mais “novas” do Instagram, voltadas para vendas, é a loja.

A loja é, como o próprio nome sugere, uma loja, na ferramenta, em que você consegue expor seus produtos.

Para fazer uso dela é necessário apenas ter um perfil comercial ativo e uma página de negócios do Facebook relacionada a ela. 

Embora o site ajude a expandir suas chances de vender mais, já que o cliente tende a comprar mais e ter um relacionamento maior, ele não é obrigatório.  É importante ressaltar que a loja, até o momento, funciona apenas para produtos, não abrangendo serviços. 

Como funciona a loja no Instagram? 

Essa funcionalidade fica dentro de uma aba do seu perfil.  Nela você categoriza, colocando a descrição do seu produto, valor e um link que pode redirecionar para um site, ou para um chat onde a compra será realizada.

Também é possível colocar algumas informações como os detalhes e formas de envio, além de ser disponibilizado automaticamente pela plataforma o botão de enviar mensagem para tirar dúvidas. 

CRM aliado com estratégia de vendas no Instagram

O maior problema de utilizar o Instagram como ferramenta para vendas é a facilidade de perder o controle do que está acontecendo. A organização dos contatos do Instagram é ruim, e com um fluxo grande de mensagens acaba sendo muito difícil localizar interações mais antigas.

É por isso que, independente da ferramenta que está utilizando para apoiar seu processo de vendas, manter todos os dados atualizados dentro do CRM acaba sendo essencial. Quando qualquer leitor levantar a mão no Instagram, o contato deve ser criado dentro do CRM e o processo deve ser constantemente atualizado.

Se você ainda não usa um CRM e não entende a importância de manter os contatos organizados, faça um teste grátis no Moskit e comprove você mesmo.

Teste grátis

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no twitter Twitter Compartilhar no facebook Facebook Compartilhar no Whatsapp Whatsapp

Também em Blog Moskit