4 dificuldades que todo gestor comercial já deveria ter superado

4 dificuldades que todo gestor comercial já deveria ter superado

O mundo comercial está cada vez mais competitivo. São inúmeras responsabilidades, técnicas novas para serem atualizadas e uma enorme carga de trabalho para manter tudo andando nos trilhos.

Mesmo com tantos desafios diários, existem alguns problemas que não são mais tolerados num ambiente de alta performance. As empresas cresceram e o cenário comercial está cada vez mais sério. No mercado de hoje, sobrevive quem erra menos.

É por isso que precisamos sempre olhar para nosso próprio negócio e realizar ajustes frequentes na forma que trabalhamos. Num ambiente de tanta competição, erros amadores custam caro.

Selecionei algumas dificuldades que todo gestor já deveria ter superado e que são cruciais para o bom desempenho de qualquer negócio.

Controle sobre os dados do cliente

Informação é o ativo mais valioso de sua empresa. Mais importante ainda, são as informações sobre os clientes que foram conquistados ao longo dos anos.

Cada detalhe sobre o comportamento dos clientes servem não apenas para manter o alto nível de satisfação, mas também para direcionar o negócio de acordo com as necessidades futuras.

O mercado muda, problemas se transformam e as soluções precisam de aprimoramento. Quem vai apontar a direção desses aprimoramentos são os clientes.

Uma empresa que não conhece tudo sobre seus clientes e não armazena suas informações numa poderosa solução de CRM corre o alto risco de perder clientes e não acompanhar as mudanças do mercado. Ao final de um período negativo, fica impossível saber o que exatamente deu errado.

Saber dizer não para uma venda

É difícil dizer não para uma venda. É mais complicado ainda quando o cliente está decidido a fechar negócio.

No entanto, é comum para quem vende encontrar clientes dispostos a comprar, mas que, por não entenderem claramente a própria necessidade e como o produto não resolverá seu problema, não compreendem que estão fazendo uma compra ruim.

No caso de serviços, o cliente que fez uma compra errada não vai demorar para cancelar, aumentando o índice de Churn e transmitindo a impressão pública de que foi enganado pelo vendedor da empresa. No caso de quem trabalha com produtos, dificilmente fará outra venda para este cliente.

Saber dizer não para uma venda ruim, explicar para o cliente os motivos do seu problema não encaixar no produto e direcioná-lo para a solução correta é a melhor forma de sair por cima em situações como estas.

O cliente, quando realmente precisar do seu produto, vai voltar, agora com ainda mais certeza e confiança.

Controlar o volume de leads

Quando o negócio é muito pequeno e a quantidade de prospectos é pouca, não existe segredo para organizar as leads. No entanto, quando a empresa tem uma eficiente estratégia de inbound marketing e a quantidade de leads mensais passa da casa dos milhares, é preciso eficiência para lidar com o volume.

É necessário para qualquer negócio tratar este volume, qualificar as melhores leads e nutrí-las para que se tornem uma real oportunidade de negócio.

Ferramentas como o RD Station são capazes de fazer todo o controle do volume de leads, garantindo que nada se perca no caminho e organizando o funil de marketing até que entre no CRM como uma oportunidade.

As ferramentas de automação também não fazem todo trabalho sozinhas, assim que as leads viram oportunidades, elas precisam ser trabalhadas cuidadosamente pelos vendedores para que não sejam perdidas ao final do processo.

Entenda e estude os motivos de perda

Em qualquer empresa, os negócios perdidos tendem a ser maior do que os negócios ganhos.

A taxa de conversão, mesmo quando muito boa, dificilmente supera a quantidade de clientes que optaram pelo concorrente ou acabaram não comprando por algum outro motivo.

Registrar os motivos de perda junto ao histórico detalhado do relacionamento com o cliente permite estruturar um modelo minucioso, compreendendo os motivos de perda de cliente e ajudando a solucionar cada situação pontualmente, aumentando gradativamente as taxas de conversão.

Além das perdas nas vendas, analisar de perto os motivos de Churn, clientes que cancelaram o uso do serviço ou produto, traz detalhes muito importantes sobre o que precisa mudar para a empresa continuar crescendo.

Empresas sérias não podem permitir que informações tão importantes sobre seu próprio negócio se percam ou se confundam por falta de controle.

Na era da informação e da ciência de dados, cada detalhe a mais sobre o mercado, o negócio e seus clientes representa um diferencial futuro em relação aos competidores.

Se deseja ter todos os seus dados em dia, com relatórios gerenciais sobre motivos de perda, com toda linha do tempo do relacionamento com o cliente e integração com as principais soluções do mercado, faça um teste grátis agora no Moskit CRM e eleve suas vendas a um novo patamar.

alt