<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=230488125300927&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

E-mails mais persuasivos: 4 dicas que você precisa aprender

Talita Bernardes

por Talita Bernardes

Embora as redes sociais e aplicativos de mensagens estejam em alta no segmento de vendas, o e-mail ainda é uma das principais ferramentas para nutrição e conquista de clientes.

Ele pode até ser mais tradicional, mas a verdade é que ainda existe um público que consome muito materiais por meio dele.

O e-mail marketing e as newsletter continuam sendo extremamente eficazes para atração, nutrição e até mesmo retenção de clientes. Sendo assim é importante aprender a construir e-mails mais persuasivos.

Importante estabelecer que a persuasão é uma estratégia que busca passar um discurso voltado para um aconselhamento, o que leva o outro a aceitar o que está sendo dito passivamente. Ter isso em mente faz toda a diferença, já que a persuasão por muito tempo foi confundida com a manipulação.

Quer aprender a desenvolver e-mails mais persuasivos que vão atrair mais clientes e ajudar nas suas vendas? Esse post pode te ajudar.

Por que utilizar a persuasão?

Como já antecipado, a persuasão é a arte de convencer passivamente as pessoas a tomarem uma decisão. 

Em vendas ela pode fazer toda a diferença, já que é comum cruzar com clientes indecisos ou que precisam de incentivos para tomarem uma atitude definitiva. 

Uma maneira de utilizar a persuasão são os gatilhos mentais, isto é, palavras, ações e atitudes que contribuem para que nosso cérebro tome algumas predisposições favoráveis.

Existem vários gatilhos, no entanto esses são os mais comuns: 

  • Gatilho da reciprocidade: faz com que pessoas se sintam, de certa forma, obrigadas a retribuir o que receberam;
  • Gatilho do compromisso e coerência: ele é trabalhado de forma que as pessoas fiquem predispostas a tomarem decisões pautadas em algo que já escolheram ou mostraram interesse previamente;
  • Gatilho da prova social: esse gatilho trabalha muito com a questão social e de aceitação, portanto a aprovação de um grupo é importante e os condiciona a tomar certas decisões.
  • Gatilho da afeição: influência que as pessoas tenham uma maior probabilidade de atender às solicitações feitas por pessoas de quem gostam.
  • Gatilho de autoridade: faz com que as pessoas confiem mais nas coisas que são endossadas por pessoas em quem confiam e tenham autoridade no assunto.
  • Gatilho de escassez: propício para pessoas que são atraídas por coisas que são percebidas como exclusivas, como, por exemplo, descontos e amostras. 

4 dicas para desenvolver e-mails mais persuasivos 

1. Pesquise mais sobre os seu público 

A melhor maneira de desenvolver e-mails mais persuasivos para seus clientes é, de fato, conhecendo eles.

Só a partir do conhecimento prévio de seu público que é possível chegar a um consenso sobre como, e quais estratégias persuasivas, são melhores para eles.  

Faça um levantamento e tente chegar a uma conclusão que pode te guiar a uma conclusão sobre quem são eles e quais as suas dores, demandas e necessidades.

Se você não sabe por onde começar, esse artigo talvez te ajude: Como criar uma buyer persona? Aprenda agora!

2. Utilize storytelling

O storytelling é uma técnica de comunicação que consiste em contar uma história para atrair a atenção de um determinado público e através dela transmitir a eles uma mensagem que vai estimular um determinado desejo a cumprir uma ação precisa.

Em outras palavras, o storytelling pode ser compreendido como uma técnica de persuasão através de uma história. 

Em seus e-mails você pode aderir a essa estratégia é explorar personagens e situações que se assemelham às dos seus consumidores, para assim fazer com que eles fiquem mais propensos a tomarem determinadas atitudes. 

 

O storytelling também pode ser uma maneira de humanizar ainda mais a sua mensagem, e fazer com que os clientes fiquem mais próximos à você. 

Mas atenção, o storytelling é uma estratégia e não uma mentira que você cria para o seu cliente. 

Saiba mais: Storytelling: o que é e como usar para alavancar suas vendas

3. Mostre a solução de dores

Uma ótima maneira de utilizar a persuasão em e-mails é justamente mostrando como a sua solução funciona na prática.

Muitas vezes o que o leitor precisa são artigos com conteúdos que mostram uma parte mais técnica no produto, claro que isso vai depender da posição dele no funil de vendas, logo a segmentação também é válida para conseguir trabalhar com uma maior propriedade. 

A persuasão nem sempre precisa ser algo como "compre algo", já que ela já deixa a mensagem implícita. 

Leia mais em: O que é dor do cliente?

4. Utilize gatilhos mentais

Como já antecipamos, os gatilhos mentais é uma estratégia de persuasão muito utilizada em vendas que também pode agregar qualidade aos seus e-mails.

Com os gatilhos mentais é possível criar diversas propostas de e-mails persuasivos, como, por exemplo:

  • descontos exclusivos;
  • recomendações de pessoas com autoridade;
  • oportunidades com tempo limitado;
  • artigos ou indicações de livros de pessoas renomadas.

Como acompanhar os resultados?

Depois de enviar o e-mail aliado com as as técnicas de persuasão, você pode acompanhar os resultados em suas ferramentas de marketing, mas também no volume de vendas e negócios no funil. 

O Moskit CRM é uma plataforma que te auxilia durante toda a negociação e dispõe de ferramentas que auxiliam ainda mais durante o fechamento. Conheça o Moskit CRM e

Compartilhe esse publicação

Compartilhar no twitter Twitter Compartilhar no facebook Facebook Compartilhar no Whatsapp Whatsapp
Também em Blog Moskit