[Vídeo] Tempo médio de vendas: O que fazer com isso?

[Vídeo] Tempo médio de vendas: O que fazer com isso?

O vídeo dessa semana fala sobre tempo, ciclo e processo de vendas. Se você quer entender mais sobre o assunto, dá o play e veja o que o Mateus trouxe pra gente!

Quanto tempo você leva pra fazer uma venda? Um ano, um mês, um dia, não tem muita certeza?

Bom, a verdade é que esse é um número bem importante pra gente que trabalha com vendas e se a gente quiser entender bem esse número e ter certeza de como que a gente pode responder essa pergunta, a primeira coisa que a gente precisa saber é quando começa uma venda pra você.

Então tem gente que conta a venda desde que chegou o primeiro contato lá do marketing, que foi preenchido o primeiro formulário pelo cliente e a gente vai começar a trabalhar ele.

Eu já prefiro contar a partir do momento que a gente abre um negócio, ou seja, a partir do momento que eu já tenho ali uma previsão de data de fechamento, uma previsão de valor de fechamento.

Acho que dessa forma a gente pega só aquele momento de vendas mesmo, se a gente pega muito antes acaba sendo um número mais do marketing ou seja um “Tempo de Aquisição do Cliente”, por exemplo.

Então vamos considera que o meu ciclo de vendas começa quando eu enxergo uma oportunidade naquele cliente e que eu enxergo que eu tenho um negócio acontecendo.

Nesse momento a gente precisa definir uma segunda coisa que é quando que eu tenho um negócio, senão você fica muito refém daquilo que muitas vezes acontece em equipes de vendas que você tem um vendedor muito otimista e que você fala pra ele: e aí, vamos fechar, tem negócio? “Tem”, ele só falou uma vez no telefone com o cliente mas ele já tá super otimista.

E você tem aquele super pessimista que só fala que tem um negócio quando o cliente tá com a caneta na mão assinando o contrato e a gente não quer isso, a gente quer um parâmetro que a gente possa comparar entre vendedores, comparar entre a nossa equipe.

Então você precisa definir o que é um negócio pra você, a partir de qual momento a gente considera que tem um negócio na mão?

Por exemplo: eu tenho um negócio, a gente tem um negócio aqui na nossa equipe depois que a gente fez a primeira reunião com o cliente e ele tem três parâmetros que a gente julga fundamental: a empresa tem mais de 100 colaboradores, você tá falando com o decisor e a previsão de contratação é de até um mês; então se tem esses três requisitos tem um negócio na mão e a gente pode começar a trabalhar.

A partir daí, que a gente sabe onde começa o nosso ciclo de vendas, o ciclo de vendas termina quando a venda tiver sido realizada e aí tendo esses parâmetros bem definidos a gente consegue trabalhar e olhar pra um vendedor “esse vendedor aqui tem um ciclo de vendas mais baixo, o ciclo de vendas dele é de 20 dias ao passo que o do outro é de 35”, você consegue começar a analisar e enxergar porque.

Aí você pergunta pra ele e ele fala “porque antes de ir pra reunião eu converso com o cliente no telefone, eu já peço pra ele ir pra reunião levando uma planilha que com ela eu já consigo fazer o orçamento mais rápido e aí eu evito uma semana de atraso no meu processo de vendas”.

Com uma dica dessas você já consegue passar isso pra sua equipe e diminuir o ciclo de vendas de todo mundo.

Então esse é um número bem legal, bem importante de você acompanhar, que pode te ajudar muito no dia a dia e você conhecendo também quanto tempo leva pra fazer uma venda, você consegue fazer previsões de vendas melhores.

Então se meu ciclo de vendas é 40 dias, é de 20 dias, a gente consegue enxergar o que a gente vai conseguir fechar esse mês, o que vai conseguir fechar no próximo e organizar melhor o nosso dia a dia.

Legal? Então dá uma observada aí, dá uma pensada em como que é o seu processo de vendas, quando que você começa a abrir um negócio e começa a mensurar isso aí a partir de hoje. Combinado?

Boas vendas!