Acelerando seu processo de vendas com a gestão dos negócios

Acelerando seu processo de vendas com a gestão dos negócios

Independente de qual a área estejam atuando, você e sua equipe com certeza estão sempre correndo atrás de novos negócios, clientes e possibilidades de vendas. No fim do mês, é isso que faz a diferença para os resultados da empresa.  

Porém, muitas vezes chega o último dia útil e várias vendas que estavam sendo trabalhadas não foram fechadas e isso pode acontecer por vários motivos. Se isso acontece com você é preciso estar atento ao que pode ser feito para acelerar o seu processo de vendas padrão para assim conseguir as vendas que sua empresa precisa.

Entre algumas maneiras de acelerar seus negócios, uma delas chama atenção e é sobre o que viemos falar hoje: a gestão de negócios. Se você quer entender sobre o que estamos falando, continue acompanhando o conteúdo!

Identificando seu processo de vendas

Para entender o que você deve fazer, é preciso conhecer muito bem o seu processo de vendas.

Ao contrário do que muita gente pensa, vender não é uma arte em que basta simplesmente gostar do que está fazendo e isso significa que terá sucesso.

É preciso entender sobre o produto que está sendo trabalhado, conhecer o mercado e técnicas de venda, enfim, estudar e buscar aperfeiçoamento.

Entre esses pontos que é preciso conhecer, está o seu processo de vendas.

O processo de vendas é composto pelas etapas que seu cliente percorre desde o momento que tem o primeiro contato com seu produto até ter o negócio fechado. É o passo a passo que você irá trabalhar para conseguir fechar aquele negócio.

Identificar qual é o seu processo faz com que você tenha um controle maior em seus negócios e consiga alterá-lo quando preciso.

O que é gestão de negócios

Para entender o conteúdo que trouxemos hoje é importante saber qual tipo de gestão de negócios que estamos falando.

Existe a gestão do seu negócio (ou seja, da empresa) que é fundamental para o bom andamento da empresa e existe a gestão dos negócios que estão sendo trabalhados por você ou sua equipe.

A gestão à qual nos referimos hoje é justamente a segunda, que diz respeito às vendas que estão sendo feitas.

Então, como gerenciar esses negócios pode acelerar seu processo de vendas e trazer mais resultados?  A resposta não é tão simples e precisamos levantar alguns pontos para conseguir entender o conteúdo de hoje. São eles:

#1 Você consegue identificar possíveis erros

Quando você trabalha “às cegas” fica vulnerável às muitas possibilidades negativas que existem em uma negociação.

Você não conhece as suas etapas de vendas, não sabe qual a porcentagem de retenção de uma etapa para a outra ou quais os principais motivos de perda. Isso é prejudicial ao seu negócio de várias maneiras. No cenário competitivo que encontramos hoje em todas as áreas de atuação comercial, um gestor que não consegue identificar os erros corre o risco de ser esmago pela concorrência e não enxergar qual foi o erro que cometeu.

Não acompanhar suas etapas de perto traz falta de controle, que é um grande problema. Isso acarreta em decisões mal tomadas por não conseguir visualizar o que poderia ser melhorado ou simplesmente retirado do processo.

Além disso, quando se conta com um processo bem estruturado e toda equipe o segue, fica mais fácil identificar problemas e corrigi-los, além de ficar mais provável de identificar pontos bons e replicá-los para a equipe. Isso significa que o processo torna mais claro os padrões, tanto positivos quanto negativos. Que gestor não deseja enxergar os erros e conseguir evitá-los? Com isso é possível identificar quais pontos precisam de treinamentos para serem aprimorados e potencializados.

#2 Você tem previsibilidade/dados relevantes

Decisões assertivas podem ser a chave para alavancar suas vendas e você consegue isso por meio da previsibilidade.

A previsibilidade é conhecer seu processo e conseguir identificar se as metas serão atingidas com base nos resultados que estão sendo apresentados. Isso acontece porque quando você você conhece seu modelo de negócio e os resultados que costuma ter, sabe quantos negócios precisam estar entrando todos os dias para que esse resultado seja alcançado e, caso isso não aconteça, o que pode ser alterado durante o próprio mês para tentar contornar essa falha.

Outro ponto importante é ter o registro de dados que são relevantes (como por exemplo as datas de fechamento ou de perda de negócios) e perfil dos clientes da sua empresa. Isso torna possível refinar os contatos que estão sendo feitos; de nada adianta ter 100 contatos sendo trabalhados se apenas 10 estão dentro do perfil comprador do seu produto.

#3 Você conta com números importantes

Além de dados do cliente, você precisa de números importantes para seu negócio.

Quantos novos contatos entram todos os meses? Quantos deles são convertidos para a próxima etapa? Qual sua taxa de perda em cada fase do funil de vendas?

É pela importância de ter números cadastrados que dizemos aqui no Moskit que uma venda efetuada mas que está fora do CRM, não existiu.

Isso porque a partir do momento que a estratégia é implementada é preciso que a equipe centralize todos dados comerciais no CRM, para que o controle seja feito minuciosamente e os erros que falamos no item #1 possam ser identificados. Se você não tiver isso registrado, de que forma esse trabalho poderá ser feito? Planilhas ou anotações soltas não trazem relatórios e análises detalhes, que é crucial para um boa gestão.

Se você encontra resistência por parte da sua equipe, leia o material que trouxemos falamos sobre o assunto ou ouça o podcast também sobre o tema!

#4 Você consegue antecipar etapas

Gerenciar seus negócios faz com que você consiga antecipar contatos e não esperar o cliente dar um retorno, que é justamente a causa de muitos negócios perdidos. Se você espera muito tempo, corre o risco de que um concorrente saia na sua frente e feche negócio com seu cliente.

Isso não significa que você acelerá e deixará a venda incompleta, mas que com um bom controle de atividades, vendedores não perdem mais o tempo correto dos retornos e as atividades acontecem dentro do menor tempo possível para o bom andamento do negócio.

Agendando essas atividades dentro do seu CRM você não corre o risco de esquecê-las, de confundir clientes ou de não registrar o que aconteceu logo em seguida.

Tudo isso é feito de forma natural quando você conta com uma boa estratégia e uma equipe engajada. A gestão de negócios é o coração de uma empresa e, se deixada de lado, pode significar o fracasso de toda uma equipe.

Por isso, se você ainda tem dúvidas sobre o uso de um CRM e seus processos, baixe o guia grátis que fizemos para iniciantes! E deixe suas dúvidas para que possamos te ajudar a ir além.