3 indicadores-chaves para prestar atenção dentro do seu CRM

Talita Bernardes

por Talita Bernardes

Os indicador-chave de desempenho, também conhecido como KPIs, é uma forma extremamente eficaz de medir o desempenho de uma empresa e de seus funcionários ao longo do tempo. As empresas usam KPIs para avaliar o desempenho geral da empresa, bem como processos específicos em departamentos como vendas, marketing e suporte.

Eles criam uma base para a tomada de decisões e ajudam a concentrar a atenção nos objetivos mais importantes para o crescimento de vendas, por exemplo. Os KPIs podem rastrear eficiência, comportamentos, finanças, desempenho de projetos, desempenho de pessoal e a utilização de recursos.

Medir e avaliar o seus indicadores-chave podem ser algo rotineiro e fácil, quando se conta com ferramentas como o CRM. 

Hoje em dia já sabemos que vincular sua estratégia de vendas com a sua estratégia de marketing, e pautar uma na outra, pode trazer grandes benefícios e resultados, uma vez que uma depende da outra.

E se você já tem essas suas estratégias vinculadas, saiba que é possível acompanhar alguns desses indicadores de marketing dentro da sua ferramenta de CRM.

Separamos 3 desses indicadores-chave que quando acompanhados podem fazer toda a diferença. Vamos conhecer!

1. A taxa de conversão de marketing

É claro que ter muitos leads é bom, mas quantos deles realmente se transformam em contato e, portanto, em uma oportunidade de negócio?

A taxa de conversão de marketing pode ser definida como a relação entre o número de leads totais e o número de leads qualificados gerados pelo seu site.

Quanto mais alto for a sua taxa de conversão, maiores as chances de que suas ações sejam bem direcionadas e atraiam leads que estão realmente interessados ​​em sua oferta. 

As pessoas acessam seu site, encontram o que procuram e preenchem um formulário, quando isso acontece a probabilidade de que eles realmente tenham uma dor da qual você pode ajudar a solucionar, é alta.

Entretanto, quando a sua taxa está baixa, é importante parar e repensar no que se está fazendo e rever a sua estratégia.

Esse indicador-chave pode ser vital para as suas vendas e marketing, permitindo que você saiba se o que foi inicialmente planejado está realmente funcionando ou apenas atraindo os curiosos. Cabendo a você interpretar e analisar o que deve ser feito com base nos resultados obtidos.

Quando você configura suas ações de marketing para funcionarem dentro do CRM, é possível coletar dados importantes para melhorar suas estratégias e conhecer ainda mais seu público, ou seja, qualificar ainda mais seus contatos. 

2. Número de leads rejeitados e motivo da rejeição

Agora que você conhece a importância da taxa de conversão, é importante analisar os leads rejeitados e o motivo da rejeição.

Este indicador permite analisar os motivos de recusa mais frequentes, como, por exemplo, contatos duplicados, não respondem e-mails e/ou telefonemas etc;

Os melhores CRM, como o Moskit, permitem que esse motivo seja registrado dentro da própria ferramenta, possibilitando que primeiro, estatísticas sejam criadas para entender o que pode estar atrapalhando os clientes de prosseguirem nessa fase, e segundo deixando registrado todo o histórico daquele cliente, caso ele volte a entrar em contato querendo fechar negócio.

Com essa análise, você poderá saber quais pontos você precisa trabalhar para suas próximas ações e qual indicador precisa melhorar.

Por exemplo, se o motivo da recusa for  “não posso investir agora”, pode ser necessário trabalhar melhor a etapa do valor x custo, uma vez que pode ser que o custo ainda esteja falando mais alto do que o valor, logo reforçar esse ponto pode fazer toda a diferença.

3. Engajamento das campanhas

O engajamento é outro indicador importante para se prestar atenção.

O número de pessoas alcançadas através de suas campanhas pode mostrar o quão reconhecido você é perante o seu público-alvo.

Quando uma campanha tem ume engajamento abaixo do esperado, é importante acompanhar e verificar o que pode ser adaptado ou até mesmo modificado para as próximas campanhas.

Claro que um engajamento alto nem sempre significa uma boa taxa de conversão, entretanto quanto mais pessoas são alcançadas dentro do seu nicho, maiores são as chances de se tornar conhecido pelo público.

Como definir os indicadores comerciais mais eficazes para a sua empresa?

Apesar de serem extremamente úteis para “soar” o alarme de que algo pode estar errado nas engrenagens da empresa, os indicadores comerciais precisam se adequar a alguns fatores.

O cliente que está consumindo o produto é um dos elementos que deve ser levado em conta antes de utilizar os KPIs. Se não estudado e traçado o perfil de cliente ideal, os indicadores não trabalharão com eficácia.

Outro ponto que deve ser estudado é o processo de vendas.

Cada empresa trabalha o processo de vendas de acordo com o que acredita, logo, o que funciona para uma empresa pode não funcionar para outra.

Sendo assim, estudar e identificar quais os pontos que podem ser abordados pelos KPIs é mais do que necessário, caso contrário os indicadores não apontarão nada substancial.

Extraindo alguns dados

Uma excelente forma para começar a extrair os dados das vendas para adotar os KPIs é o Moskit CRM. Além dos inúmeros benefícios que permitem, inclusive, a facilidade de comunicação com o cliente, o Moskit ainda trabalha com um sistema desenvolvido pensando especialmente no consumidor, permitindo o acompanhamento de uma venda do começo ao fim, coletando informações úteis para o usuário. Comece hoje mesmo seu teste gratuito no Moskit CRM.

Compartilhe esse publicação

Compartilhar no twitter Twitter Compartilhar no facebook Facebook Compartilhar no Whatsapp Whatsapp
Também em Blog Moskit